Um hino feminista dos anos 1980s graças à Cindy Lauper

Quando Cindy Lauper estourou nas paradas de sucesso, em 1983, ela cantava que “garotas só queriam se divertir”. Não era usual que as mulheres assumissem uma “atitude masculina” e inconsequente. A estranheza da voz e da mensagem foram apenas dois dos vários outros motivos do sucesso do álbum de estréia da cantora. Mais ainda, se não fosse por sua insistência, provavelmente essa porta não teria sido aberta. Porque o que hoje é um hino feminista, nasceu bem ao contrário do que Cindy cantava.

A começar que Girls Just Want to Have Fun foi escrita por um homem, Robert Hazard, em 1979. A versão original era a visão masculina clássica de as mulheres serviam apenas para diversão. Robert, que co-escreveu a lindíssima Time After Time com Cindy, gravou uma demo, mas não lançou o single. Ele tinha uma banda new wave e quando a gravadora investiu na carreira solo da ainda desconhecida Cindy, ele fez parte da equipe que foi chamada para trabalhar no material da gravação.

Cindy teve problema com tudo da canção. A letra e o tempo não a agradavam. O título então! Mas aí entra o talento da artista. Enquanto o autor usava a palavra “fun” aludindo a sexo, a cantora inverteu o quadro acrescentando uma estrofe que mudou tudo.

Some boys take a beautiful girl
And hide her away from the rest of the world
I want to be the one to walk in the sun
Oh girls, they want to have fun

Alguns garotos pegam uma menina linda
e a escondem do resto do mundo
Eu quero ser a que anda abertamente no sol
Oh, as garotas só querem se divertir

Com essa alteração, autorizada por Robert, a cultura ganhou um sucesso que definiu uma geração. Na interpretação de Cindy, a canção fala dos desejos de igualdade de direitos, incluindo a liberdade sexual (ainda tabu nos anos 1980s). A cada recriminação, viesse do pai, da mãe ou de qualquer um que perguntasse o que ela queria da vida, a resposta é simples: “quero me divertir”. As mulheres estavam no controle.

Girls Just Want to Have Fun foi um dos maiores sucessos do álbum de estreia de Cindy, fazendo dela uma estrela e rendendo vários Grammys. O que solidificou a importância da canção foi o divertido vídeo que a acompanhou na MTV. Por insistência da cantora, o vídeo trazia pessoas desconhecidas e fora do padrão de beleza que estava em voga na TV. No vídeo, Cindy circula pelas ruas de Nova York, se divertindo com homens, mulheres, jovens, velhos e de qualquer cor ou tipo de corpo. Se hoje é ok, na época foi inovador. Ela queria que todas meninas pudessem se ver no vídeo e na canção.

Trinta e oito anos depois, Girls Just Want To Have Fun é o hino da igualdade e celebrado por várias gerações. Foi uma batalha que Cindy não teve menor medo de encarar. Estava certa e criou um clássico.

Lembre o vídeo

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s