A entrevista em “The Undoing”

Até o segundo episódio da série, descobrimos que o aparente bem-sucedido e carinhoso Dr Jonathan Fraser (Hugh Grant) é um mentiroso e, possivelmente, assassino. Até onde todos sabiam, ele era um respeitado e dedicado oncologista, mas era também um mulherengo e tinha relacionamentos com parentes de pacientes. Elena Alves, que foi sua amante, teve um filho de Jonathan e estava se aproximando de Grace Fraser (Nicole Kidman). Ela é encontrada morta e agora a investigação é para descobrir “quem” cometeu o crime. Jonathan alega que não ter sido responsável. Teremos que ver.

Uma das curiosidades do episódio de hoje é a participação da jornalista Connie Chung, que vai interpretar a si mesma na série. Jornalista conhecida nos Estados Unidos, Connie está aposentada hoje, mas era conhecida por suas entrevistas especiais que foram ao ar em canais como ABC, CBS e NBC, entre outros. Segundo ela, amigas em comum a indicaram para o “papel” para que Connie entreviste Jonathan e Grace para um dos programas que Connie teve na CNN. “Tenho que entrevistar a personagem de Hugh Grant, que no momento é suspeito de assassinato”, diz ela. Connie não conhecia o livro no qual a série se baseia, portanto teve que decorar nove páginas de roteiro para fazer a entrevista.

A jornalista confessa que teve que adaptar um pouco o texto. “Escreveram coisas como “por que você fugiu?” e eu jamais perguntaria dessa maneira, diria “por que deixou a cena do crime?”. O produtor, Matt Tinker, que trabalhou com Nicole e David E. Kelley em Big Little Lies também, brincou. “Reescrevendo David E. Kelley?”, ele ressaltou. Connie riu, mas mudou o texto com o aval do próprio David.

Pior foi na hora de gravar. O diretor não estava ciente das mudanças e quis manter o original. “Mas quando se faz reportagem você não decora as perguntas”, confessou Connie. Para trazer mais estresse para a cena, como fã de Hugh Grant ela ficou ainda mais nervosa ao estar com ele no set. Hugh, que estava em um mal dia por conta de dores nas costas, não foi simpático. “Eu perguntei se ele lembrava quando o entrevistei para Quatro Casamentos e Um Funeral, em 1994, mas ele disse apenas “não””, revelou a jornalista.

O clima ajudou a dar veracidade à cena. Para Connie, as gravações foram tediosas. “Em jornalismo fazemos a entrevista e acaba, não repetimos as perguntas. Temos três câmeras gravando simultaneamente porque não se pode “produzir” a entrevista. É direto. Se o entrevistado se levanta e vai embora, teremos três ângulos”, ela explicou. Quando se trata de ficção, a câmera única demanda regravações.

No episódio de hoje a família Fraser terá que lidar com a pressão da opinião pública e as reviravoltas da investigação. Ausente no último episódio, hoje (8) teremos mais de Hugh Grant e a versão de Jonathan para o crime. Faltam ainda mais cinco episódios até o final.

Mais sobre The Undoing

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s