Ewan McGregor e o ícone da moda americana

Para quem não acompanha moda ou viveu os anos 1970s, ou ambos, o nome do estilista Halston não diz muita coisa e por essa razão estranha tanto alvoroço sobre a nova série de Ryan Murphy para Netflix, Halston. Estrelada pelo sempre competente Ewan McGregor, a minissérie de cinco episódios é um dos destaques da plataforma em 2021.

Roy Halston, que criou a marca em cima de seu sobrenome apenas, tem grande relevância na História da moda internacional e, em especial, americana. Inventor de estilos – desde o chapéu de Jackie Kennedy nos anos 1960s aos macacões brilhantes de Liza Minelli, incluindo figurinos para os balés de Martha GrahamHalston liderava a comunidade intelectual de Nova York, com amigos famosos e figuras da moda. Sua vida de excessos, arriscadas apostas, drogas, sucesso e problemas financeiros é impressionante e muito rica para narrativa dramática.

A série omite alguns fatos, ignora famosos que conviviam com Halston e praticamente centra a relação principal do estilista com Liza Minelli, sua melhor amiga. Baseado na biografia Simply Halston: The Untold Story, de Steven Gaines, escrita há 30 anos, a “compensa” em uma detalhista reconstituição de época. É fascinante.

Ewan McGregor está perfeito como Halston. O tom de voz, os trejeitos… captou perfeitamente como ele fazia e é respeitoso com o estilista. No entanto, se você quiser mesmo conhecer sua vida e entender a dimensão de seu legado, o melhor conteúdo é o documentário de 2019, que foi sucesso em Sundance. Aqui o link para ele no YouTube. Vale cada minuto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s