40 anos de Duran Duran

A cultura new wave dos anos 1980s, uma espécie de resposta pop ao punk da década anterior, também “surgiu” no Reino Unido. Era uma espécie de glam (também dos anos 1970s) mesclada com o punk: cores fortes, maquiagem e não necessariamente músicos com estudo clássico, apenas a vontade de tocar. Nesse período o circuito criativo não era necessariamente londrino, com bandas de Manchester (The Smiths, New Order) e Birmingham liderando as paradas. Da cidade dos Peaky Blinders surgiu talvez uma das bandas mais famosas do Reino Unido: Duran Duran.

O nome que homenageia o anjo de Barbarella foi o escolhido dos adolescentes, vizinhos e amigos, John Taylor e Nick Rhodes, que tinham sonhos alto como artistas, embora ainda estivesse longe dos 20 anos. Em 1978 o lugar da moda era o Rum Runner Club e foi lá que conheceram o vocalista Simon Le Bon, de 21 anos. Embora John e Nick já tocassem juntos, a banda marcou 2021 como o aniversário de 40 anos porque é o marco do lançamento do primeiro álbum, já com Simon nos vocais.

É difícil para gerações mais novas captarem a força de Duran Duran quando ficaram famosos. Todos novos, muito bonitos e realmente talentosos, despertaram uma febre quase histérica entre jovens mulheres e meninas, algo que apenas os Beatles antes deles tinham conseguido. Duran Duran era estiloso, trabalhavam com figuristas famosos, seus vídeos eram rodados em película e tinham mais qualidade do que os outros da MTV. De Jennifer Aniston à princesa Diana ou qualquer top model da época. Todas amavam Duran Duran.

O álbum de estréia, lançado em 1981, tinha Planet Earth como principal single e Girls on Film rodando nos canais e tocando sem parar nas rádios. Quando Rio chegou às lojas, em 1982, já eram mega-estrelas. O vídeo de Save a Prayer ainda é considerado um dos melhores de todos os tempos.

No auge de sua popularidade, o Duran Duran foi escolhido para compor o tema de 007 no filme A View To A Kill. Não apenas é uma das melhores canções de John Barry como é um dos vídeos mais espirituosos da MTV e da franquia de James Bond.

Como todo artista que vira fenômeno, Duran Duran decaiu em vendas nos anos 1990s, mas manteve um impressionante fã-clube ao longo das décadas. A banda chegou a se separar, mas nunca oficialmente terminou, o que faz deles um dos raros grupos que se manteve por tanto tempo. Em 2021 lançam seu 15º álbum, com vídeo inovador e maior maturidade.

A beleza dos músicos, que ajudou na popularidade, frequentemente tirou a credibilidade musical dos cinco, que são de fato artistas muito talentosos. Hoje, com todos bem mais velhos, continuam na ativa. Pelo visto, ainda há muito mais para vir. Ninguém se queixa!

Reveja os vídeos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s