A canção de George Michael que emocionou Diana

A amizade entre a Princesa Diana e George Michael começou em um evento, no final dos anos 1980s e foi constante por 10 anos, até a morte dela, em 1997. Os dois se falavam constantemente por telefone e o cantor chegou a dizer que apenas com a princesa conseguia ser uma pessoa comum.

Um ano antes da morte da princesa, George quebrou um jeum de seis anos e lançou Older, seu álbum mais circunspeto até o momento, marcado por dores e perdas. Uma estrela internacional desde os tempos do Wham, o vocalista chegou a ser uma das pessoas mais famosas do mundo quando explodiu solo com o álbum Faith, em 1987.

Foi em uma viagem ao Rio de Janeiro, em 1991 que conheceu o brasileiro Anselmo Feleppa, por quem se apaixonou. Reza a lenda (alimentada pelo cantor), que na noite de 25 de janeiro, no meio da multidão do Maracanã lotado, George Michael o viu à direita do palco, enquanto cantava Careless Whisper (vídeo no final do post, cerca de 2’40”, vemos o vocalista olhando fixo para o lado onde estava Anselmo). “Ele fixou o olhar no meu e era tão bonito, me distraiu e tive que evitar aquele lado do palco senão ia realmente perder o foco e esquecer as letras”, contou George em uma entrevista.

Anselmo o reencontrou no lobby do hotel onde ele estava se hospedando e, embora estivesse acompanhado de uma mulher e confundido o artista como se fosse hétero, a nova troca de olhares eliminou qualquer dúvida. O amor dos dois foi encurtado pela morte de Anselmo apenas 3 anos depois, de AIDS, em meio à batalha judicial de George contra a Sony. Ele perdeu o marido, a briga e a fé, por isso Older é sombrio, cético e profundo.

E há pouco tempo foi divulgado que Diana, ao ouvir o álbum teria se emocionado em especial com uma das canções mais pessoais de George Michael: You Have Been Loved.

A balada, escrita sobre a força da mãe de Anselmo ao enterrar o filho, reflete sobre a dor e o luto de uma pessoa que mesmo na adversidade se mantém forte e crente de uma ajuda divina. You Have Been Loved descreve o enterro do namorado, em Petrópolis, e como sua mãe o amava profundamente, trazendo paz e aceitação. O autor teria dito que a imagem de uma mãe perdendo seu filho é a da dor inimaginável, que inverte a ordem da vida.

Diana, que sempre teve enorme compaixão pela dor dos outros, teria se emocionado profundamente com a canção, a elegendo como sua favorita de todas que George Michael gravou. Menos de um ano depois, ele perderia sua amiga. You Have Been Loved foi lançada como o lado B do single Strangest Thing, um mês depois da morte da princesa, chegando ao segundo lugar das mais tocadas no ano, perdendo apenas para a versão de Candle in the Wind que Elton John gravou para Diana. Uma dupla homenagem à grande amiga dos dois.

George nunca fez um vídeo para a canção, mas a interpretava em seus shows. Veja a letra e depois o vídeo.

She takes the back road and the lane
Past the school that has not changed in all this time
She thinks of when the boy was young
All the battles she had won just to give him life
That man
she loved that man
For all his life
But now we meet to take him flowers
And only God knows why
For what’s the use in pressing palms
When children fade in mother’s arms?
It’s a cruel world, we’ve so much to loose
And what we have to learn we rarely choose
So if it’s God who took her son
He cannot be the one living in her mind
“Take care my love”, she said
Don’t think that God is dead
“Take care my love”, she said
You have been loved

If I was weak, forgive me
But I was terrified
You brushed my eyes with angels wings, full of love
The kind that makes devils cry
So these days my life has changed
And I’ll be fine (and I’ll be fine)
But she just sits and counts the hours
Searching for her crime
So what’s the use of pressing palms
If you won’t keep such love from harm?
It’s a cruel world, you’ve so much to prove
And Heaven helps the ones who wait for you
I’ve no daughters, I’ve no sons
Guess I’m the only one
Living in my life
“Take care my love”, he said
Don’t think that God is dead
“Take care my love”, he said
You have been loved

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s