A sensível resposta de Britney em Everytime

Por muitos anos, apesar de serem tão jovens, Britney Spears e Justin Timberlake eram vistos como o casal perfeito da música, mas sua separação, em 2002, foi explorada por revistas e blogs ao redor do mundo. Os dois, que se coheceram com 10 e 11 anos, tinham 20 e poucos anos, naturalmente teriam uma longa vida de descobertas por vir e tudo que aconteceu seria o esperado, porém, muito público.

As revistas mostraram Britney com outras pessoas e Justin foi o primeiro a colocar sua dor em melodia, com o hit Cry Me a River, e, começar a especulação que 20 anos depois, ainda não é conclusiva.

Em Cry Me a River, Justin chora a traição da namorada.

You were my sun
You were my earth
But you didn’t know all the ways I loved you, no
So you took a chance
And made other plans
But I bet you didn’t think that they would come crashing down, no

You don’t have to say, what you did
I already know, I found out from him
Now there’s just no chance
For you and me
There’ll never be
And don’t it make you sad about it?

Para piorar, fez um vídeo onde colocou uma modelo igual à ex. Na época, a opinião pública foi para o lado do cantor, ainda mais que sob intensa pressão da mídia e família, Britney estava se desfazendo diante das câmeras. Todo processo colaborou para o processo de sofrimento que a cantora passou nas últimas décadas.

Mas não ficou sem resposta.

Britney, em entrevistas, nega a versão de Justin para o término. Segundo ela, os dois estavam em diferentes fases da vida e se separaram por isso. E, embora jamais tenha publicamente admitido, escreveu a bela Everytime como resposta à Cry me a River.

I may have made it rain
Please forgive me
My weakness caused you pain
And this song is my sorry


O retorno também veio em vídeo, em um pertubador registro da cantora, dirigida por David LaChapelle e com o ator Stephen Dorff no papel do namorado que não percebe o sofrimento de Britney com a fama e os paparazzi. Ela aparentemente se mata com uma overdose de remédios (depois vista como um sonho), mas era um claro pedido de socorro, e uma resposta nada sutil para a insensibilidade de Justin pelo que ela estaria vivendo.

Em 2021, ele pediu desculpas via redes sociais. “”Eu quero pedir desculpas especificamente a Britney Spears e Janet Jackson individualmente, porque eu me importo com essas mulheres e as respeito, e sei que falhei. Eu lamento profundamente pelas vezes na minha vida em que minhas ações contribuíram para o problema, quando falei demais ou quando não falei pelo que era certo. Eu entendo que fiquei aquém nesses momentos, e em muitos outros, e me beneficiei de um sistema conivente com misoginia e racismo”, diz o cantor na nota.

Não é incomum que fins de relacionamentos rendam álbuns e canções marcantes e m’suica costuma ser um dos meios de cura para dor de coração. A canção Everytime voltou a ter destaque em 2022 porque foi a escolhida pela artista trans, Ethel Cain, como homenagem ao Dia Internacional das Mulheres. Com uma versão belíssima, que ressalta a tristeza das letras. A versão de Ethel faz parte da campanha EQUAL, do Spotify, para trazer maior visibilidade para artistas femininas.

“Sempre amei essa canção e sabia imediatamente que poderia pegars as melodias de Britney e fazer algo como um sonho com elas”, disse Ethel. “Foi uma honra fazer minha versão”, completou.

É linda mesmo. Ouça aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s