O adeus a Olivia Newton-John

Embora a imagem do cinema a associe à Sandy Olsson, de GreaseNos Tempos da Brilhantina, Olivia Newton-John já era uma estrela quando entrou para o elenco do filme, em 1978. Artista country premiada, a jovem inglesa crescida na Austrália tinha aparência e voz angelicais, explodiu rapidamente. Ela era adorada por ser exatamente o que transparecia: uma doçura.

Dame Olivia Newton-John faleceu na Califórnia no dia 8 de agosto, aos 73 anos, depois de anos de lutar contra um câncer de seio. Não era atriz, fez poucos filmes, mas deixou vários álbuns gravados e clássicos da música pop e country, como I Honestly Love You e Physical, entre outros, tendo vendido mais de 100 milhões de discos em sua carreira.

Nascida na Inglaterra em 1954, Olivia era filha de intelectuais e professores que foram lecionar na Universidade de Melbourne. Seu pai, aliás, fez parte da eleta equipe do MI5 destacada para decodificar a maquina Enigma (como mostra o filme estrelado por Benedict Cumberbatch, O Jogo da Imitação). Do lado de sua mãe, Olivia era neta de um vencendor do Nobel.

Seu sonho inicial era de ser veterinária, mas achou que não passaria nos exames e passou a tentar a música, vencendo um campeonato na TV aos 16 anos. Os próximos anos, na Inglaterra, foram de tentativas de lançar uma carreira, em grupo, dueto ou solo, sem sucesso até que foi ao programa de Cliff Richard, onde passou a ser chamada com regularidade para cantar. Sob orientação artística precisa, deixou o pop e passou a apostar no country. Bingo.



Um cover de Bob Dylan, a fez famosa e logo tocava nas rádios. Quando gravou Let Me Be There, em 1973, ganhou um Grammy de Melhor Vocalista Country (ganharia mais três ao longo do tempo), passando a vender com facilidade todos seus álbuns em seguida. Sua canção assinatura não é da trilha sonora de Grease, é a balada I honestly Love You, tocada até hoje.

Aos 29 anos Hollywood bateu à sua porta para estrelar ao lado do maior nome nas bilheterias da época, John Travolta, um musical onde interpretaria uma jovem de 17 anos e teria que dançar. Sabemos o resultado. E se dançar com Travolta foi desafiador, o que dizer de sapatear com Gene Kelly? Como estrela absoluta de Xanadu, foi o que Olivia fez em 1980. Dessa forma, era uma das maiores estrelas da música e filmes no início da década.

Physical trouxe uma sapeca Olivia, cantando sobre sexo e atração física. Foram mais de 10 milhões de cópias vendidas e outro Grammy, liderando as paradas das rádios ao redor do mundo. A ousadia durou pouco, “eu sou verdadeiramente um tédio”, disse em uma entrevista.

Olivia era doce, bacana mas a superexposição depois custou em alguns fracassos (no cinema com Two of a Kind com Travolta) e investimentos errados. E descobriu, em 1992, que tinha um câncer agressivo no seio. A químio foi bem sucedida, mas em 2017 o câncer voltou. Dessa vez, ela passou a buscar tratamentos alternativos, uma atitude duramente criticada por alguns.

A vida pessoal de Olivia também teve turbulências. Se casou com o ator Matt Lattanzi em 1984, com quem teve uma filha, mas os dois se divorciaram em 1995. O segundo companheiro, Patrick McDermott, desapareceu misteriosamente em 2005, quando estava pesacando sozinho. Seu corpo jamais foi encontrado. E em 2008 a cantora se casou novamente, com John Easterling, que sobreviveu a ela.

Sua amizade com John Travolta era icônica, com ambos ainda se apresentando em eventos dos fãs do musical até poucos anos atrás. Ele prestou uma emocionada homenagem à amiga no Instagram.

“Minha querida Olivia, você fez todas as nossas vidas muito melhores. Seu impacto foi incrível. Eu te amo muito. Nos veremos na estrada e estaremos todos juntos novamente. Seu desde o primeiro momento em que te vi e para sempre!
Seu Danny, seu John!”.

O mundo do entretenimento está um pouco mais triste hoje.

Para matar as saudades

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s