Taylor Swift volta ao pop eletrônico com palavrões e ar mais ‘soturno’

Eu tenho essa coisa de ficar mais velha, mas nunca mais sábia
Meias-noites se tornam minhas tardes
Quando minha depressão funciona no turno da noite
Todas as pessoas que eu fiz como fantasmas estão lá na sala

A faixa Anti-Hero – que não abre o album Midnights – é a que melhor contextualiza o que Taylor Swift quer no contar com seu trabalho mais recente, lançado hoje mundialmente.

A cantora americana é uma das artistas pop mais talentosas dos últimos anos, com um acervo de canções consistentes e de qualidade. Seu último álbum Midnights traz uma Taylor “desbocada”, geralmente mais conhecida por sua imagem de “boa moça”. Isso mesmo, são SEIS faixas em que canta a f-word. Divertido.

Mais uma vez a produção é compartilhada com Jack Antonoff e volta ao pop eletrônico dos premiados 1989 e Reputation. Não tem hits claros, e segue flertando com o indie, o que a mantém interessante.

Taylor Swift é boa contadora de histórias e com isso as canções são sempre curiosas, embora seu estilo de acelerar algumas estrofes já tenham virado assinatura e não necessariamente torne nada muito original. É pop de primeira. E agora voltou a ser a própria personagem, com recadinhos que seus fãs amam. “Estou amaldiçoada se der a mínima para o que as pessoas pensam” ela canta na faixa que abre Midnights, Lavander Haze.

Seu décimo álbum em 16 anos, Midnights são “histórias de 13 noites sem dormir espalhadas pela minha vida … uma jornada através de terrores e bons sonhos. Os andares que andamos e os demônios que enfrentamos.” Sim, canta de amor, de fantasias e conta com a participação de Lana Del Rey em Snow On the Beach e traz letras com recados. Não sobre ex-, afinal está com Joe Alwyn por longos anos e crises ou decepções ficaram no passado.

Embora seja veterana aos 30 e poucos anos, Taylor ainda soa e canta para um público bem jovem. O que ninguém pode negar é seu talento. Sua música é sempre bem vinda. Ela, no entanto, sabe que assinatura flerta com falta de originalidade e brinca em Anti-Hero:

Eu acordo gritando dos sonhos
Um dia eu vou assistir enquanto você vai embora e a vida vai perder todo o seu significado

Para mim, Maroon, Lavander Haze, Bejeweled e Karma têm cara de hits. Não é um 1989, mas mesmo quando está morna, Taylor Swift ‘s boa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s