Mais de 40 anos depois, o reconhecimento do Eurythmics

Dentre os homenageados no Rock and Roll Hall of Fame de 2022, a dupla britânica Eurythmics é a única que não está mais em atividade, mas foi uma homenagem justa à Annie Lennox e Dave Stewart por sua grande contribuição para o som dos anos 1980s.

Amigos desde os anos 1970s, Annie e Dave estavam no grupo The Tourists antes de se lançarem juntos em uma jornada de som experimental, em 1980, já como Eurythmics. O primeiro álbum, In the Garden, explorava o som dos sintetizadores e a força da voz de Annie, mas não fez barulho. No entanto, em 1982, as rádios e a MTV descobriram a dupla com o (hoje) clássico Sweet Dreams (Are Made of This). A partir daí, passaram a circular entre os grandes.

Apoiados na imagem andrógina de Annie (de cabelo curto e roupas masculinas), Sweet Dreams é um hino new wave até hoje adorado ao redor do mundo. No álbum seguinte, a melancólica Here Comes the Rain Again solidificou a liderança da dupla nas paradas de sucesso, incluindo o vídeo Who’s That Girl no qual Annie interpreta mulher e homem ao mesmo tempo.

Aos poucos o som foi mudando para rock e soul, com o álbum Be Yourself Tonight, de 1985, trazendo flertes com ópera (There Must Be an Angel (Playing With My Heart)) à ritmada Would I Like to You. Quando fizeram o tour mundial com Revenge, Missionary Man, The Miracle of Love, Sisters Are Doin’ It for Themselves e When Tomorrow Comes viraram hinos. E, para manter sempre a surpresa, voltaram ao eletrônico com Savage, em 1987, onde se destacam I Need a Man e Beethoven (I Love to Listen to) se destacam.

“[Revenge] Foi uma espécie de disco de arena com som maior”, explicou Dave Stewart em uma entrevista. “Já Savage foi totalmente estranho e eletrônico. Eu acho que você só tem que manter seu pressentimento sobre o que está fazendo, e isso nos levou a ser nomeados para o Rock and Roll Hall of Fame,” avaliou.

A dupla se separou amigavelmente na virada dos anos 1990s, depois de lançarem We Too Are One, em 1989, cada um seguindo solo e voltando apenas em 1999, com Peace. A última vez que tocaram juntos foi em 2019, em um evento para a causa do Meio-Ambiente, sempre abraçada pela dupla. No entanto, não houve briga entre eles.

“Nos conhecemos há quase 46 anos e trabalhamos juntos durante todo o processo e continuamos amigos até hoje. Nós nunca tivemos realmente uma discussão entre nós. Isso nunca realmente aconteceu. E isso é interessante – mesmo passando por separações ou todo tipo de coisa, sempre foi esse enorme respeito um pelo outro,” explicou Dave.

A rápida apresentação em Cleveland deu saudade dos dois no palco. E mais: nos estúdios. Embora não alimentem esperança de retorno em breve, não descartam igualmente. Podemos sonhar? Seria doce…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s