Irene Cara morre aos 63 anos

Para tentar entender “quem foi Irene Cara” para a geração X é como se Zendaya estivesse nas telas e rádios, eternizando o som dos anos 1980s comdois hinos da época: Fame e What a Feeling. Por isso a surpresa que, mesmo “sumida” nos últimos tempos, tenha falecidoaos 63 anos. A causa ainda não foi divulgada.

Com uma linda voz e talento inegável, Irene surgiu como “a nova Donna Summer” e explodiu nas rádio em 1980, com a trilha sonora do filme de Alan ParkerFame – onde cantava a música título e outros sucessos como Out Here On my Own, entre outros, pelo qual foi indicada ao Grammy. Apenas três anos depois cantou e assinou a canção título do filme de Adrian Lyne, Flashdance, pelo qual ganhou o Oscar de Melhor Canção, Grammy e outros prêmios. Tinha apenas 24 anos, sendo a mais jovem artista negra a receber o prêmio e a única mulher negra a ganhar um Oscar numa categoria não-atuante.

Nascida no Bronx, filha de imigrantes cubanos e porto-riquenhos, desde os três anos de idade mostrava talento musical. Gravou álbuns em espanhol e em inglês (em um tempo em que não havia cross cultural). Ainda criança, tinha um contrato com gravadoras, aparecia na TV americana e até esteve (com apenas 10 anos) um concerto em tributo a Duke Ellington, com Stevie Wonder, Sammy Davis Jr. e Roberta Flack.

A Broadway veio em seguida e Irene esteve no elenco original do fenômeno cultural da série Raízes. Quando chegou os anos 1980s, conquistou o mundo como Coco Hernandez, em Fame.

Seu ápice na carreira veio com o Flashdance…What A Feelin’, em parceria com Giorgio Moroder e Keith Forsey, pelo qual ganhou Oscar e Grammy Award por melhor performance pop vocal feminino em 1984, o Globo de Ouro por melhor canção original, melhor cantora pop feminina de singles, melhor cantora pop negra contemporânea de singles, melhor artista pop negra crossover contemporânea de singles, canção pop do ano e o American Music Awards, como melhor artista feminina de R&B e melhor canção pop do ano.

Sua carreira musical sofreu com a briga judicial contra sua. gravadora. Como atriz também não emplacou sucessos, marcando mais presença na Broadway. Quando recebeu a indenização da gravadora, passou a se apresentar mais na Europa.

Irene foi casada apenas uma vez. Vivia na Florida ha muitos anos. A notícia de sua morte pegou os fãs de surpresa e não se sabia muito de sua saúde nos últimos anos. Deixou como legado grande clássicos da música e do cinema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s