The English traz novo olhar sobre faroestes

O processo de ocupação da costa oeste dos Estados Unidos não foi bonita ou fácil. Foi tão sangrento que a expressão “terra de ninguém” nasceu certamente nesse cenário árido, caótico, violento e anárquico.

Os imigrantes brancos que se propuseram ir para lá dizimaram a população indígena e expulsaram a os latinos para o sul e exploraram os chineses também emigrando. Porém, no cinema, foram os verdadeiros povos locais que foram retratados como os “vilões” ou os alívios cômicos, por décadas e mais décadas sendo mal representados nas telas. O gênero de faroeste foi extremamente lucrativo para Hollywood e até hoje é copiado e reverenciado. Sem surpresa, com a consciência de inclusão atual não é mais possível que as histórias sejam contadas como eram antes. Séries como Billy the Kid e The English sugerem que as plataformas e estúdios ainda não desistiram do gênero, mas precisaram atualizá-lo.

No caso de The English, temos um mocinho nativo e uma nobre inglesa lutando juntos em um conto de vingança, sonhos destruídos e algumas surpresas. Sem contar linearmente a história, a princípio tudo parece especialmente confuso, mas, quando a trama é amarrada, funciona. Em 1890, Lady Cornelia Locke chega aos Estados Unidos pronta para vingar a morte de seu filho, mas nenhum pistoleiro aceita ajudá-la (saberemos depois a razão) e ela precisa do apoio involuntário de Eli Whipp, um ex-batedor do Exército Pawnee com quem Cornelia forma uma aliança improvável.

Ao longo da amizade forçada de duas almas feridas, o amor e a cumplicidade vão se desenvolvendo, porém a crueldade do rascimo e realidade dos tempos em que vivem podem atrapalhar.

Sim, há clichês na narrativa e às vezes se perde mais atenção com os ângulos diferentes da cena, mas funciona. Quando os pontos são amarrados, passamos a ter outra perspectiva de todos. Um relato interessante sobre o quanto a conquista do Oeste americano foi para todos.

A série está disponível na Amazon Prime Video desde novembro de 2022. Vale conferir.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s