O que quer dizer “amor”?

A poucos dias da estréia da 4ª temporada de The Crown e é como se tivéssemos voltado para 1981, quando ainda se acreditava no conto de fadas. Lady Di, tímida, linda, jovem e o príncipe que a elegeu dentre todas para um dia ser a Rainha da Inglaterra.

Hoje não é mais possível acreditar na lenda e, ao contrário, com todas as informações passadas pela própria Diana, as imagens do casal feliz são manchadas pela realidade da infelicidade de ambas as partes.

Os sinais estavam lá, desde o início. Quando perguntado se estava apaixonado, Charles, que estava com Diana ao seu lado respondeu estranhamente, “sim, o que quer que “estar apaixonado” signifique”.

Quando vimos uma emocionada Diana chorando em público, parecia ser por saudade do noivo. Apenas dez anos depois a verdade veio à tona e soubemos que era a reação de Diana ao perceber que estava entrando em uma furada.

Aliás, essa é uma questão que se mantém inacreditavelmente, sem resposta. Quando Diana soube que não era amor. O que se aceita é que, ao não poder se casar com quem queria, Charles aceitou o casamento por dever. O grande problema parece ter sido que apenas Diana não sabia o que estava acontecendo. Segundo novos documentários, alinhados com o próprio depoimento da princesa, Charles esclareceu tudo na véspera do casamento. Um dia antes da cerimônia, ele esclareceu que amava outra. Do tipo, a poucas horas de dizer “sim”, ele resolveu deixar tudo às claras, para que ela não se iludisse. Por que não antes? Era tarde demais, como a própria irmã de Diana falou. Ela não poderia mais desistir. Para qualquer mulher, jovem ou velha, ser avisada na véspera que faz parte de uma farsa? É apenas cruel.

Enquanto estávamos extasiados com a juventude de Diana e o que julgávamos sua felicidade, ela mesma disse que se sentiu como um cordeiro entregue para o sacrifício. Olhando para trás, para ela, o casamento foi um pesadelo desde o primeiro dia, mas eles conseguiram manter as aparências por anos, até que não havia mais como ignorar os problemas.

Claro, que com o fracasso da relação e a praticidade com que Charles tratou o casamento, só sobrou ressentimento e mágoa como memória. Diana não guardou um segundo de felicidade, fora o nascimento de seus filhos. Mas Charles tem tentando, sutilmente, mudar a narrativa. Para ele, infelizmente, em nenhum momento seu coração pertenceu a outra que não fosse Camilla [Parker Bowles]. O dever impediu o casamento dos dois, ela seguiu e se casou com outro e eles mantiveram contato.

A escolha de uma jovem inexperiente era ideal para todos, menos Diana. “A frieza, a tradição e as expectativas sobre seu comportamento, não acho que ela tinha noção”, avaliou Emma Corrin, que interpreta Diana em The Crown. “Eu acredito que ela esperava entrar para uma família”, diz a atriz. E aí está realmente a raiz do problema que veremos na série. Charles não avaliou com respeito ou cuidado, como Diana se sentia ou estava esperando. Ele parecia estar encantado com a paixão dela, com o amor do público para considerar o que estava fazendo.

Já para o ator Josh O’Connor, que interpreta Charles, houve um breve momento em que existiu sim carinho e amor entre os dois. Como não nasceu de sentimento, o casamento não sobreviveu às pressões externas. “Não me convence que Charles simplesmente estivesse com inveja da fama ou da celebridade. Seu ciúme era que Diana tinha esse tom divino de que as pessoas sentiam como se a conhecessem e gostavam dela enquanto Charles simplesmente não tinha”, ele defende. “Quando Diana fica infeliz, ele se irrita e fica frustrado porque ela não consegue apenas fazer o que a família dele vinha fazendo há gerações e mantendo o lábio superior firme (em outras palavras, não expressando sentimentos)”, explica o ator.

Josh vai além. “Os momentos duros de Charles não são tão diferentes da maneira com que Philip falou com ele na 3ª temporada. É o abusando virando o abusador. É possível olhar para trás e ver de onde vem”, ele entrega.

SPOILER ALERT, não veremos a cerimônia, apenas a preparação.

Mais sobre The Crown

3 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s