As mudanças em Game of Thrones

Até o elenco final de qualquer produção, é comum testar ou pensar em diferentes nomes para o mesmo papel. A escolha de um talento pode mudar toda trajetória do conteúdo e, depois de pronto, nos perguntamos… e se?

A atriz Tamzin Merchant é um exemplo. Ela foi a Daenerys Targaryen original e gravou o piloto de Game of Thrones, o tal que foi tão ruim que os próprios show runners falam de como quase colocaram tudo a perder.

Quando a HBO deu a segunda oportunidade, não apenas reeditaram como fizeram mudanças radicais no elenco. Tamzin era a protagonista e embora não digam que tenha ido mal, decidiram trocá-la pela desconhecida e iniciante Emilia Clarke, em seu primeiro papel na TV. O resto, como dizem, é história. Emilia virou uma estrela da TV e do cinema e recebeu quatro indicações ao Emmy como Melhor Atriz.

Tamzin Merchant e Emilia Clarke

Essa semana, três anos após o fim da série, Tamzin falou abertamente da troca, mantendo a elegância de não se queixar. Segundo ela, nunca se empolgou pelo papel ou pela história, “meu coração não estava ali” por isso não tem mágoa. Reconhece, no entanto, que foi duro ir fazer testes de ônibus em que estavam cartazes de Emilia Clarke no papel que chegou a ser seu.

Ainda mais discreta do que Tamzin é a atriz Jenniffer Ehle. Ela também estava no famigerado piloto, como Lady Catelyn Stark, um papel vital para as primeiras temporadas.

Diferentemente de Tamzin, Jennifer já era uma atriz premiada na TV e no teatro, com filmes como Guerra ao Terror no currículo. Para muitos, ainda é a melhor Lizzie Bennett das adaptações do clássico Orgulho e Preconceito. Seu nome no elenco era um dos destaques. Quando chegou a hora de refazer o piloto, Jennifer mudou de idéia e pediu para sair da série. Pode-se dizer que ela foi uma das poucas a perceber (será?) que o compromisso demandaria muito de sua vida e preferia ter um esquema mais flexível para cuidar de sua família.

Com a desistência de Jennifer Ehle, Game of Thrones perdeu de cara duas das três principais personagens femininas. Entra então a talentosíssima Michele Farney, mais conhecida no teatro e com passagens pela televisão.

A troca, não planejada, fez muita diferença. Não há dúvida de o quanto Michele captou a essência da difícil Catelyn Stark, uma personagem polêmica. Michele trouxe uma agressividade para Catelyn que é importante e que não é característica de Jennifer em seus papéis. O grito do episódio do Red Wedding já é uma lenda da TV.

No elenco masculino não houve trocas significativas como as mulheres, apenas curiosidades de atores que testaram para papéis que não conseguiram. Mas isso, como digo, é outro post…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s