O novo álbum de Lana del Rey

Lana Del Rey não é uma unanimidade, mesmo sendo bastante popular. Como ela canta em Wild At Heart:

If you love me, you’ll love me
‘Cause I’m wild, wild at heart
If they love me, they’ll love me
‘Cause I’m wild, wild at heart

A musa do cool e das músicas melancólicas, Lana Del Rey tem uma base de fãs sólida. Um pop meio jazz, meio trilha sonora, suas canções são como roteiros de filmes tirados de um diário que ela divide com seus seguidores. As letras, politicamente incorretas com frequência, falam de depressão, drogas, rock e amor, claro.

A música de Lana foi amadurecendo ao longo dos anos. Ela lança singles com frequência, mas Chemtrails Over the Country Club, seu sétimo álbum, é o primeiro completo em dois anos. A crítica se dividiu, mas quem é fã (meu caso), apreciou.


A produção de Jack Antonoff (responsável também pelos sons de Lorde e Taylor Swift), é um acerto. Lana tem uma voz bonita que sabe usar (com ocasional tédio), mas ela não se esquiva nem se esconde. Ter personalidade é para poucos, mais ainda se manter fiel à um estilo que não é feito para tocar em rádio.

Destaques para, além de Wild At Heart, Dark But Just a Game e Yosemite, é o cover de Joni Mitchel, For Free.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s