McCartney 3, 2, 1 complementa Get Back e emociona

Algumas semanas antes do aguardado lançamento de Beatles: Get Back, a Starplus (da mesma Disney), lançou uma série imperdível: McCartney 3, 2, 1. Não é sobre os Beatles, embora tenha algumas histórias que Paul McCartney compartilhe que coloca o documentário de Peter Jackson com ainda mais nostalgia. É uma série para os amantes de música.

É incrível que o compositor chegue aos 80 anos com a mesma empolgação não apenas pelo que já criou, mas sobretudo o que ainda está criando ou quer criar. A positividade de Paul McCartney é quase irritante, mas é constante e (aparentemente) genuína. Aqui, ele senta para conversar com o produtor Rick Rubin sobre música.

São seis episódios de apenas 30 minutos, lindamente filmado e gravado. Paul viaja desde sua juventude, passando pelos Beatles, Wings e carreira solo. Lembra de como testemunhou Roy Orbinson compondo Pretty Woman, como Sargent Pepper – o nome – surgiu de um mal entendido, como foi a primeira conversa com George Harrison, e por aí vai.

Falam de música, inspiração, criatividade, influências, emoções e composição. É fascinante justamente pela paixão que Paul McCartney mantém sobre seu trabalho. Isso sim, é um grande exemplo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s