Como rever a história da Duquesa de Argyll em tempos atuais

Para os britânicos, a vida de Margaret Whigham, a duquesa de Argyll, é uma novela picante e ultra conhecida. Acusada de ter tido mais de 80 amantes, seu divórcio com fotos registrando suas aventuras sexuais seriam escandalosas hoje, ainda mais nos anos 1960s. Essa é a trama da 2ª temporada de A Very British Scancal, já no ar no Reino Unido. Um dos grandes apelos da série é trazer Claire Foy, depois de ter sido premiada como Rainha Elizabeth II de The Crown. Qualidade garantida!

Margaret entrou para a História como a Duquesa Safada (Dirty Duchess) e foi humilhada em público quando seu ex-marido não apenas a expôs por causa dos casos extra-conjugais, como a pintou como uma mulher devassa. Ele ficou com sua fortuna e sua reputação. A série deve esclarecer fatos que não eram conhecidos na época, nem bem julgados.

Margaret foi considerada uma das mulheres mais bonitas do Reino Unido em seu tempo e sempre foi sexualmente liberada, tendo crescido nos Estados Unidos e retornado para Inglaterra quando adolescente. Pelo que consta, engravidou do ator David Niven quando tinha apenas 15 anos, tendo feito um aborto na época, e foi disputada por nobres e ricos, tendo escolhido o milionário americano Charles Sweeney como primeiro marido. Seu vestido de casamento foi assinado por Norman Hartnell, que assinou o vestido da Rainha também.

Durante o casamento com Sweeney sofreu vários abortos espontâneos e teve três filhos. Também sofreu um acidente que mudaria sua vida. Margaret estava em um elevador que despencou e ela quase morreu na queda. Logo após sua recuperação, se divorciou e passou a ter casos com vários homens. Em 1951, acabou aceitando se casar com Douglas Campbell, o Duque de Argyll, mas o casamento foi infeliz desde o começo. Oficialmente, o duque estava “desconfiado”da infidelidade de Margaret e, quando ela estava viajando, arrombou as gavetas onde guardava fotos e cartas de 88 homens e usou tudo isso para o divórcio. Sim, a famosa polaroid que mostrava a duquesa durante o ato de sexo oral em um homem até hoje não oficialmente identificado, estava nessa gaveta.

Ao fim do processo judicial, onde os tabloides fizeram a festa, Margaret foi classificada como promiscua, ninfomaníaca e imoral. Sem surpresa, ela não voltou a se casar e morreu, pobre, aos 80 anos, sem retomar o contato com os filhos.

Não foi até recentemente que a narrativa – onde o Duque era um homem íntegro e traído – começou a mudar, revelando o casamento tóxico e violento entre os Argylls. Como ela mesmo lembrou, Ian se casou novamente apenas três semanas após o divórcio, dificilmente não tinha interesses escusos em acabar com a esposa para ficar com o dinheiro.

A primeira temporada de A Very British Scandal passou na Globoplay, a ver se a segunda estará logo em alguma das plataformas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s