Filmes e séries e o hino de Joni Mitchell sobre amadurecimento

Joni Mitchell é uma das cantoras e compositoras mais influentes e respeitadas da música americana. Curiosamente, um dos seus maiores sucessos – Both Sides Now – não fez parte de um álbum seu até dois anos depois de ter sido lançado.

Escrito em 1967 e interpretado por Judy Collins, a canção aparece em Clouds e voltou a ficar popular depois de entrar na emblemática cena de Emma Thompson em Love, Actually.

Both Sides, Now reflete a visão de alguém que revisita conceitos e sentimentos após passar por momentos e situações dolorosos. Eleita pela revista Rolling Stone como uma das melhores composições já escritas e rendeu à Judy Collins o Grammy de Melhor Canção, em 1968.

A inspiração inicial foi o romance de Saul Bellow, Henderson, o Rei da Chuva, que Joni estava lendo em uma viagem. Segundo ela conta estava no trecho que Henderson começa sua viagem para a África (para onde vai para fazer um “safari espiritual” e buscar a Verdade) e o autor descreve que Henderson olha para baixo e vê nuvens. Ao baixar o livro e olhar para fora, foi a mesma visão que a cantora teve, e em um flash de inspiração começou a escrever Both Sides Now. “Nunca imaginei que seria uma canção tão popular como ficou”, disse ela em uma entrevista.

As letra refletem um momento muito marcante e triste para a artista. Apenas dois anos antes, em 1965, ela foi mãe solteira (o namorado a abandonou quando descobriu a gravidez) e, sem condições financeiras, decidiu dar sua filha para adoção. Desse trauma (que tem final feliz, calma! As duas se reencontraram e reconectaram no final dos anos 1990s), nasceu a maturidade precoce para a letra da canção. Como Joni disse, é uma meditação sobre realidade e fantasia, como uma jovem que está ascendendo e que busca as descobertas do futuro, embora reconheça que, para isso, terá que deixar muita coisa para trás.

Both Sides Now foi usado de forma igualmente marcante na série After Life, por Ricky Gervais. Assim como Tony, Joni lembra como era olhar para as nuvens e pensar em “sorvete” e leveza, mas ao envelhecer, passa a associar apenas à sinais de “chuva” e mau tempo. Assim como a personagem de Emma Thompson, a esposa de Tony gostava tanto da canção que a quis no dia de seu casamento, sem jamais imaginar como ela seria essencial para “salvar” Tony mais à frente. Ao escutar Both Sides Now, Tony chega aos dois lugares – do pessimismo e da inocência – entendendo a beleza essencial da vida, dos pequenos momentos e da bondade.

Já para Emma, cuja cena silenciosa de poucos minutos é citada por artistas como uma das melhores já registradas em lentes de cinema, é quando as nuvens de sua personagem, ainda vistas como românticas, passam a ser carregadas das lágrimas por ter sido traída pelo marido. O fato de que a atriz confessou que ao gravar lembrou do ex-marido, Kenneth Branagh, que a traiu com Helena Boham Carter, só deixou o momento ainda mais icônico.

Reveja a cena.

Qualquer que seja a versão, regravada mais de 100 vezes, todas são emocionantes.

Bows and flows of angel hair and ice cream castles in the air
And feather canyons everywhere, I’ve looked at clouds that way
But now they only block the sun, they rain and snow on everyone
So many things I would have done, but clouds got in my way

I’ve looked at clouds from both sides now
From up and down and still somehow
It’s cloud’s illusions I recall
I really don’t know clouds at all

Moons and Junes and Ferris wheels the dizzy dancing way you feel
When every fairy tale comes real, I’ve looked at love that way
But now it’s just another show, you leave ‘em laughin’ when you go
And if you care don’t let them know, don’t give yourself away

I’ve looked at love from both sides now
From win and lose and still somehow
It’s love’s illusions I recall
I really don’t know love at all

Tears and fears and feeling proud, to say, “I love you” right out loud
Schemes and dreams and circus crowds, I’ve looked at life that way
But now old friends are acting strange, they shake their heads,
They say I’ve changed
But something’s lost but something’s gained in living every day

I’ve looked at life from both sides now
From give and take and still somehow
It’s life’s illusions I recall
I really don’t know life at all

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s