A 1ª canção de 007: O Satânico Dr. No

Esse é o ano em que completamos 60 anos desde que vimos o primeiro filme de James Bond. Isso mesmo, 007 Contra o Satânico Dr. No chegou aos cinemas em 1962.

Vamos falar mais do filme, mas primeiro, a música. Nesse primeiro filme, foi quando descobrimos o tema de James Bond, escrito por Monty Norman e orquestrado por John Barry. Portanto, ainda não estabeleceu a marca registrada de créditos abertos com uma canção interpretada por um artista pop em voga na época. O que não significa que o filme não tenha ‘uma canção sua’. No caso aqui, Underneath the Mango Tree.

É a canção que vemos Ursula Andress vestindo o biquini branco e Sean Connery – literalmente – cantando a primeira “Bond Girl” da franquia.

Mas antes dessa cena, a canção toca em um rádio quando James chega na Jamaica para investigar Dr. No. É quando ele conhece seu grande amigo, Felix Leiter.

Voltamos a ouvir a canção logo depois, em uma das cenas em que James espera e surpreende quem quer matá-lo.

Dessa forma, podemos afirmar que Underneath the Mango Tree é a primeira das canções de James Bond e foi interpretada pela cantora e atriz Nikki Van der Zyl.

Monty era casado na época com Diana Coupland, uma estrela inglesa.

Betty Diana Coupland, que nunca usou o primeiro nome profissionalmente, queria ser bailarina clássica, mas um acidente montando cavalo quando nova acabou com seus sonhos. Começou a cantar aos 15 anos, virando uma cantora profissional apenas 3 anos depois. Nos anos 1940s e 1950s, era uma das cantoras mais procuradas, dublando estrelas (que não cantavam), como Lana Turner em Paixão e Carne, em 1954.

Em 1962, gravou Underneath the Mango Tree, para o filme 007 contra Dr. No. Na época era casada com o compositor, Monty Norman. Os dois ficaram juntos por 20 anos e tiveram uma filha. Monty escreveu a canção do filme depois de viajar para Jamaica, para se inspirar para a trilha sonora. Lá, Monty conheceu Byron Lee, que o ajudou nas canções e aparece no longa, como um dos músicos que aparecem na boate. Diana, que acompanhou o marido na viagem, colaborou gravando a canção principal, mas nem sendo creditada. (Ela também canta Kingston Calypso, na trilha sonora).

O testemunho de Diana foi essencial anos depois, quando Monty e John Barry brigararam para definir quem realmente tinha escrito o tema de James Bond. Diana, já separa de Monty, confirmou que o tema foi escrito efetivamente pelo ex-marido.

Diana voltou a se casar, em 1980 e veio a falecer em 2006, aos 78 anos, por consequência de problemas cardíacos. 60 anos depois, fica nosso crédito e homenagem à primeira canção de James Bond.

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s