Kim Novak completa 89 anos

Kim Novak é um dos rostos mais conhecidos do cinema nos anos 1950s, quando estrelou três clássicos: Picnic, Pal Joey, e, claro, Um Corpo Que Cai.

Tendo iniciado sua carreira ainda adolescente como modelo, para estrear no cinema, Marilyn Novak foi “obrigada” a mudar seu nom verdadeiro por causa de Marilyn Monroe (cujo nome real era Norma Jeane Baker). Em uma longa discussão com o dono da Columbia Pictures, que queria que ela passasse a assinar como Kit Marlowe, a atriz conseguiu manter o sobrenome tcheco, mas depois de resistir muito, aceitou usar o nome “Kim”.

Estreou ao lado em um noir, ao lado de Fred McMurray, mas foi o segundo filme, uma comédia romântica com Jack Lemmon que agradou aos críticos. Mas foi a dança sensual, ao som de Moonglow, em Picnic que fez de Kim uma estrela. A química com William Holden é inegável em uma das cenas mais sexy do cinema.


Em seguida, foi escolida para trabalhar com Frank Sinatra em O Homem de Braço de Ouro, seguido um ano depois do musical, Pal Joey, onde Kim canta My Funny Valentine. Foi então, já como atriz famosa, que Alfred Hitchcock a chamou para estrelar o filme pelo qual Kim Novak será sempre lembrada: Um Corpo que Cai. Na verdade, Kim substituiu a atriz Vera Miles (de Pscicose), que estava grávida e não pode aceitar o papel.

Como Judy Barton, Kim ficou eternizada pela complexidade da história e da personagem, com quem dizia se identificar. Afinal, os estúdios também a transformaram em alguém que não era… Nos bastidores, a atriz brigou com a Columbia por reajuste salarial e tentou convencer Hitchcock contra o famoso tailleurs cinza, que odiava, mas o diretor não abriu mão. Ele também negou qualquer liberdade criativa. O diretor que ficou famoso de chamar atores de “gado”, disse a ela que “ficasse onde ele queria e falasse no ritmo que ele a mandava falar”. Entre tomadas, praticamente ignorava a atriz e ficou insatisfeito com sua atuação. Quem mais a apoiou foi James Stewart, em uma de sua atuações mais comoventes.

Se hoje Um Corpo Que Cai é considerado uma das melhores obras já realizadas, não foi bem assim na época, com Hitch colocando a “culpa”, em Kim. Ela diz concordar com ele. “Não estou bem nesse filme, apenas em algumas cenas estou bem”, disse anos depois. Bobagem, está perfeita.

Nos anos 1960s seus filmes não alcançaram mais as mesmas bilheterias e a atriz decidiu se afastar de Hollywood, reduzindo suas atuações e se aposentano no início dos anos 1990s. Hoje, dia 13 de feveiro, completou 90 anos. Fica aqui minha homenagem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s