Os títulos dos episódios de House of the Dragon

Com a confirmação dos títulos de cada episódio temos as dicas de como vão conduzir a narrativa da primeira temporada. Atenção para os Spoilers!

E1 – Os Herdeiros do Dragão (The Heirs of the Dragon)

Como vimos, entendemos como uma série de decisões equivocadas e preconceituosas colaborou para semear um campo de discórdia e manipuladores. A ascensão de Viserys I ao Trono, no lugar de seu tio, da filha dele e de seu pai, criou uma oportunidade de que um grupo pudesse alterar a ordem sucessória, até então determinada por ordem de nascimento. Jaeherys foi quem recusou colocar uma mulher no trono, criando a armadilha na qual acompanhamos Viserys cair.

O “novo” rei era obcecado em ter um herdeiro homem e isso custou a vida de sua amada esposa. Só reconheceu sua única filha, Rhaenyra, como sucessora depois de ser pressionado pelo ambicioso Otto Hightower, que tinha dois planos em andamento: 1) garantir que Daemon Targaryen nunca fosse Rei e 2) ganhar tempo para ter um sucessor homem.

Rhaenyra, no entanto, assim como seu pai, não percebeu a realidade. Além disso, ela descobre que todos os herdeiros Targaryen compartilham um segredo sobre A Grande Guerra, um futuro incerto em que Westeros poderá ser dominada pelos Mortos.

E2 – O Príncipe Rebelde (The Rogue Prince)

Embora o episódio seja sobre Daemon, é também mais do que isso. Seis meses depois, o príncipe rebelde se recusa a aceitar a sobrinha como sucessora e cria conflitos dentro dos Sete Reinos. Viserys, inseguro e conciliador, protela decisões desagradáveis que possam gerar combates.

Rhaenyra está vendo que é sucessora no papel, mas, na prática, seu papel continua sendo irrelevante nas decisões de poder. Em vez de estar perto dela, confortando e ensinando, Viserys está distante, sofrendo pela morte de Aemma, mas com a constante e discreta Alicent ao seu lado. Alicent está obedecendo ao comando do pai, Otto Hightower, de dar “conforto” a Viserys.

Tendo ocupado Dragonstone (a casa do sucessor), Daemon também rouba um ovo de dragão para seu futuro filho, mais uma vez deixando claro que a escolha de Rhaenyra como rainha é frágil e pode ser questionada. Otto provoca mais uma vez Viserys a ter uma atitude mais radical com o irmão, mas é a princesa que resolve tudo. De surpresa, aparece em Dragonstone no momento em que vai começar um conflito violento entre os homens e tem uma dura conversa com o tio, que recua porque ele genuinamente gosta dela. Quem desaprova a prova de que ela está pronta para governar? Otto, que não tem controle sobre ela e desgosta da atitude que o coloca em sua posição.

O resultado das ações de Rhaenyra são exatamente como Rhaenys a alerta, os homens começam a agir para tirar dela a coroa que nem ainda foi colocada em sua cabeça. A forma é forçar ao rei viúvo a se casar novamente e gerar herdeiros homens.

Rhaenys e Corlis sugerem a pequena princesa de 12 anos, Laena Velaryon, para o papel. Todos sabem que minimamente o casamento só poderá ser consumado em alguns anos, mas politicamente é o caminho certo. No entanto, Otto já estava adiantado. Ele comanda que Alicent leve a amizade com Viserys mais à frente e o rei surpreende a todos anunciando que fará seu papel de casar novamente, mas com Alicent Hightower. Rhaenyra e os Velaryons reagem abertamente revoltados com a decisão, os unindo ao insatisfeito Daemon.

E3 – O segundo de seu Nome (Second of His Name)

Como vimos no trailer, teremos mais uma passagem de tempo e o título do episódio é sobre o nascimento do meio-irmão de Rhaenyra, Aegon II. Obviamente agora Otto quer que Viserys reflita e mude a ordem sucessória para a habitual, a que mantém os homens com prioridade ao Iron Throne.

Daemon e Corlys se unem para combater a uma ameaça a Westeros e Rhaenyra precisa sobreviver a uma Corte preconceituosa e onde não tem aliados ou amigos.

E4 – O Rei do Mar Estreito (King of the Narrow Sea)

Aqui é o título que Daemon Targaryen recebe depois de vencer a batalha dos degraus de pedra. É quando os dois irmãos se reconciliam e também o episódio que deve marcar o casamento de Rhaenyra com Laenor Velaryon.

E5 – Nós Iluminamos o Caminho (We Light the Way)

Incerta ainda o que entra nesse episódio, e se já marca outra passagem de tempo, no qual veremos Alicent e Rhaenrya na versão adulta. Desconfio de que ainda não, mas que mostra os conflitos familiares entre tios e sobrinhos (os filhos de Alicent e Rhaenyra se detestam), provocando ainda mais a cisão entre as duas ex-amigas.

E6 A Princesa e a Rainha (The Princess and the Queen)

Título dubio pois é sobre Rhaenyra assim como ela e Alicent. Sem dúvida aqui já estaremos com Emma D’Arcy e Olivia Cooke assumindo seus papéis. Viserys ainda tenta conciliar as duas mulheres que ama, mas ressentimentos e ambições as separam cada dia mais.

E7 – Driftmark

Driftmark é a casa dos Velaryons e será um episódio triste, onde Laena e Laenor morrem, abrindo o caminho para que Daemon se case com Rhaenyra.

E8 –  O Senhor das Marés (The Lord of the Tides)

O título se refere à Corlys Velarion, mas também mostra como as correntes mudam as águas da política. Otto e Alicent querem Aegon e Aemond como herdeiros, mas Viserys resiste. O episódio deve terminar com a morte de Viserys, ou, sua eminente despedida.

E9 – O Conselho Verde (The Green Council)

Com a morte de Viserys, Alicent toma a liderança do golpe de estado. Ela segura a informação sobre Viserys por uma semana, um período no qual, com apoio de Ser Criston Cole, “pressiona” a Corte para apoiar a coroação de Aegon II. Um episódio violento e eletrizante, tenho certeza.

E10 – A Rainha Negra (The Black Queen)

Como o nome sugere, é sobre Rhaenyra. Isolada em Dragonstone, a princesa tem uma série de más notícias, que culminam com o aborto natural de sua filha e sua revolta. Rhaenyra descobre que seu pai morreu, que seu irmão foi coroado em vez dela e que seu outro meio-irmão, matou seu primogênito, Lucaerys. A primeira temporada termina com os aliados de Rhaenyra a coroando em Dragonstone como a verdadeira Rainha dos Sete Reinos. Os Targaryens estão em guerra e nada será como antes.

Ansiosos? Eu estou.

O episódio 10 deve ir ao ar em 23 de outubro. Perto demais para mim! Quero mais House of the Dragon!

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s