Dá licença Han Solo, Cassian Andor é um dos melhores heróis da Galáxia

Quando Cassian Andor (Diego Luna) aparece em Rogue One tira logo a nossa dúvida de que ele poderia ser um “novo Han Solo“. A começar que em minutos o vemos matando uma pessoa sem ser autodefesa, como Han em Star Wars – A Nova Esperança. Cassian é realmente o anti-herói trágico, sem tempo para piadas ou aventuras. Denso, complicado e imprevisível.

O argumento genial de Rogue One é dar aos heróis sem nome que abrem a saga o crédito que mereciam. Foi um grupo suicida que conseguiu roubar os planos da Estrela da Morte e apenas com isso Princesa Leia, Luke Skywalker, Obi-Wan Kenobi e sim Han Solo, conseguiram uma vitória importante sobre o Império e Darth Vader. A história desse grupo virou lenda em todas as Galáxias, ganharam patentes e fãs de gerações e culturas diferentes. O filme, Rogue One, para mim é o mais relevante de toda franquia pois não tem tempo para aliviar a que a vitória de um grupo foi em cima do sacrifício de outros, menores, pobres, estrangeiros e esquecidos.

Jyn Erso (Felicity Jones) não era simpática, sofrida como Cassian e no filme foi sua trajetória que conduziu a trama. A decisão de mudar de lado e ajudá-la, feita em silêncio por Cassian, foi essencial para a conclusão da história, uma das mais tristes de todas as que passaram a surgir em Star Wars. E sim, ficamos nos perguntando como Cassian chegou até lá.

A série Andor responde as nossa dúvidas. Estrelada mais uma vez por em poderoso Diego Luna (que ganhou o papel de outros nomes testados, como Aaron Paul, Edgar Ramirez e Sam Cafflin) e com a mesma equipe que criou esse conto, incluindo o roteirista Tony Gilroy.

Para situar o tempo, voltamos cinco anos antes dos eventos de Rogue One, no momento em que a Aliança Rebelde ainda está se organizando. Reencontramos Cassian da mesma forma que o conhecemos no filme, em busca de uma informação e cometendo um crime para apagar seus passos. No entanto, paralelamente vamos finalmente tendo a explicação de como o jovem rebelde chegou aonde está, porque parece desconfiar de todos os lados igualmente, e como destruir o sistema opressor é tão importante para ele pessoalmente.

Ao disponibilizar os três primeiros episódios de Andor no mesmo dia, a Disney nos permite ter um contexto sobre a personalidade do herói e triplicar a emoção da história. Vindo de um planeta considerado um lixo na galáxia, Kenari, Cassian tem ressentimento pela República pois foi a partir da queda de uma nave republicana que sua vida mudou. Os nativos de Kenari são perseguidos por terem matado um oficial e com isso o planeta sofre represália e ele acaba separado de sua irmã, a quem busca incessantemente desde então. Ele foi salvo por Maarva (Fiona Shaw, SEMPRE impactando qualquer cena em que apareça), que ocupa a posição de mentora e mãe para o menino.

Não vou dar mais detalhes e spoilers porque a série merece ser degustada. O que importa é que ao mostrar que em regimes políticos – lembremos que o Império ainda não está no comando, é a República – há campos cinzentos e escolhas erradas. Ao ser exposto e passar a ser perseguido, Cassian é forçado a juntar esforços com Luthen Rael (Stellan Skarsgård), aparentemente, seu novo mentor e figura paterna.

O antagonista direto de Cassian é o esforçado (e fraco de personalidade) Syril Karn, interpretado por Kyle Soller. Syril é o oposto do rebelde em tudo e por conta de suas ambições (e erros), terá como principal missão capturá-lo.

Com ritmo, boa fotografia e linda trilha sonora, a principal qualidade de Andor está nas relações humanas (e com andróides), complexas e plausíveis. Não há humor ou leveza, mas é o que realmente nos faz identificar com a motivação dos personagens. Se continuar assim, será uma das melhores do ano.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s