Sauron: a menor surpresa em Anéis do Poder

Aqui é sobre SPOILER. Se não viu o episódio final de Anéis do Poder, bom, já era.



Levamos dois meses com UM objetivo e corremos no episódio final para descobrir que o segredo era tão obvio que apenas a Galadriel irritante se recusou a ouvir. Como muito precisamente Halbrand a relembra: “Eu sempre te falei a verdade”. E falou mesmo.

A grande surpresa da temporada girava em torno da identidade de Sauron, que a elfa sabia estar vivo e que passou dois meses alucinando meio mundo para encontrar e matar. E a solução para ela esteve no 1º episódio. Honestamente? BEM FEITO, GALADRIEL. Agora Sauron tem as terras, um exército e o material para forjar os anéis.

A série Anéis do Poder é uma produção de tirar o fôlego, com uma qualidade de fotografia, cenários e figurinos absolutamente irretocáveis e ímpares. Qualquer outra fica a anos luz do que a Amazon Prime Video apresentou. Infelizmente no meu critério nem isso salvou uma série arrastada, com elenco fraco e uma absoluta inaptidão de engajar. Não fosse Robert Aramayo como Elrond, não sobraria ninguém.

A Galadriel de Morfydd Clark tem falhas da atriz, mas principalmente do conceito. A ênfase na vingança era essencial para o seu arco, mas ela se traduziu nas telas como arrogância e sociopatia. A recusa de ouvir as pessoas e se importar com elas só apareceu no penúltimo episódio, depois que que confrontou Adar (Joseph Mawle). Ele que falou o que queríamos desde a estreia, “se olha no espelho antes de falar dos outros” foi o melhor recado. Mas assim como ela descobre sobre Sauron, tarde demais.

O australiano Charles Vickers foi um ótimo Halbrand/Sauron. Seu arco está ok dentro da história e as dicas foram dadas – mais GRITADAS – desde que apareceu nas telas. O problema foi o tempo que se levou na mesma até chegar onde chegamos.

Uma coisa que se pode argumentar é de que a mensagem da obra permanece intacta: como o mal não é obvio (se você se chamar Galadriel) e que boas intenções nem sempre são suficientes.

Anéis do Poder não foi uma série como poderia ter sido. A expectativa era alta, mas a falha foi básica. A segunda temporada só deve – se confirmada – vir em 2024. Sempre à sombra da muito mais efetiva House of the Dragon. Uma pena. Meu coração dói com a decepção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s