Os gêmeos que marcaram a história de Westeros

Muita coisa vai acontecer – e emocionar – no episódio 9 da 1ª temporada de House of the Dragon. Aliás, quem é fã de Game of Thrones sabe que o nono episódio é sempre surpreendente e violento. E irreversível, seja desde a morte de Ned Stark até o que veremos amanhã. Com a morte de Viserys I e o mal entendido de Alicent sobre o que o marido falou sobre Aegon, será um golpe de Estado que trará o derramamento de sangue entre parentes que se odeiam por conta de suas ambições.

Dentre a tragédia Targaryen, amanhã veremos o heroísmo de Rhaenys Targaryen e da maldade de Aemond e Ser Criston Cole, mas, no meio de todos, uma família sofrerá mais. Os Cargyll entraram na série discretamente, não percebemos ou os diferenciamos. Isso mesmo, são gêmeos idênticos e mais: interpretados gêmeos idênticos de verdade! Isso mesmo. Arryk e Erryk Cargyll são famosos nas páginas de Game of Thrones e House of the Dragon e quem são interpretados pelos irmãos Elliot e Luke Tittensor.

Ainda não tinha sido explicado, o episódio de amanhã resolverá isso, mas Arryk e Erryk Cargyll são irmãos gêmeos na Guarda Real do Rei Viserys I Targaryen, servindo ao lado. Honestamente, não fará muita diferença mas vou te explicar que Elliot interpreta Erryck e Luke é Arryk. Em GOT, como sabemos, há muitos gêmeos (entre os Lannister então, passa de geração para geração) e os Cargyll tem uma breve, trágica e lendária passagem que acontece justamente no inídio da Dança dos Dragões. Um drama dentro de drama maior. Será marcante.

Primeiro, Arryk e Erryk se pronuncia da mesma forma: Eric. É para dificultar mesmo. Ambos entraram para Guarda Real, mas assumem posições diferentes. Com a morte de Ser Harwin Strong, Viserys destacou Ser Erryk Cargyll como protetor de Rhaenyra e sua família, enquanto Ser Arryk permaneceu sob o comando de Ser Criston Cole. A partir do golpe de Estado dos Verdes, os gêmeos se verão de lados opostos. O trailer já nos confirmou isso.

Ser Arryk é quem vai encontrar Aegon II e forçá-lo a ser coroado, o levando pessoalmente ao Red Keep (o vemos emourrando Aegon).


O problema é que Erryk é fiel aos Pretos. Ele vai ajudar a Rhaenys escapar e ainda roubar a coroa de Viserys, que será de Rhaenyra. Não está claro se a trágica história dos dois conclui amanhã.



Depois de ursupar a coroa, Aegon II – sob a “orientação” do avô, Otto Hightower – fará uma oferta de “conciliação”: Rhaneyra o aceita como Rei e ela pode ser “Rainha de Dragonstone”. Claro que a princesa, opa, a RAINHA, não cai na armadilha e recusa.

Quem leva os termos até ela é Ser Erryk, que tem uma missão encomendada por Ser Criston que será esclarecida, finalmente. Ser Erryk é orientado a se infiltrar entre os Pretos, se fazendo passar por seu irmão e matar Rhaenyra ou os filhos dela (ou ambos). Porém, no caminho para o quarto dela, esbarra justamente com seu irmão. Soldados honrados, ambos se amam, mas farão o que for preciso. Se os fãs se emocionaram com o ódio dos irmãos Cleganne, vão sofrer com o amor dos Cargylls. O embate entre eles será violento, passional e trágico. Isso mesmo, eles lutam e morrem. Sem ter nada a ver com o que está acontecendo.

É incrível que House of the Dragon tivesse à disposição justamente os atores perfeitos para os papéis. Os irmãos Tittensor começaram juntos interpretando o personagem de Carl Gallagher na série Shameless. Poré, Luke deixou o elenco e Elliot seguiu. Desde então, eles vinham trabalhando separadamente. Algo que muda em House of the Dragon, que une os dois para que testemunhemos a triste história de Arryk e Erryk Cargyll. Promete.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s