Os looks de Diana em “Spencer”

Como em filmes biográficos de pessoas muito famosas, especialmente sobre Jackie Kennedy, o tailleur Chanel rosa era certo de aparecer no filme Jackie.

Jackie Kennedy à esquerda e Natalie Portman, no filme “Jackie” à direita

Assim como o conjunto vermelho que apareceu no tour da Casa Branca na TV.

Jackie Kennedy à esquerda e Natalie Portman, à direita

Os acertos de reconstituição e direção de Jackie são importantes porque a mesma equipe de produção está trabalhando em um projeto semelhante sobre a princesa Diana. Spencer, o próximo biopic do diretor chileno Pablo Larraín, estrelado por Kristen Stewart, vai focar no fim de semana do Natal de 1991, o último em que a princesa Diana passou com a Família Real.

Foi nesta data, segundo o roteiro de Pablo, que ela chegou à conclusão do inevitável e irrecuperável fracasso de seu casamento com o príncipe Charles e, por isso, decidiu abrir mão de um dia vir a ser Rainha da Inglaterra.

Com esse resumo divulgado pelo produtores, já podemos antecipar pelo menos quatro looks clássicos de Lady Di que devem ser reproduzidos no filme.

A última aparição de Diana com a Família Real, no Natal de 1991

Já em 1991 Diana e Charles mal disfarçavam como não se toleravam, mesmo em eventos oficiais, como no Canadá. A imagem dos dois se ignorando foi capa de todos os jornais e revistas no mundo todo. Um constrangimento para a Rainha, que ainda insistia que mantivessem as aparências de um casal.

A foto que foi capa de todos jornais e que estampava a infelicidade do casal

A proposta inicial era a de tentar ao máximo, para aliviar a pressão sobre os filhos, príncipes William e Harry. Mas era inegável que não seria possível nem mesmo cogitar amizade entre os dois. Depois de um ano de muitas decepções, Diana aceitou participar dos eventos públicos ao lado do marido e inclusive ir encontrar a família no tradicional natal de Sandringham. Porém passou apenas uma noite com eles. Logo após a missa, onde a família tradicionalmente caminha entre os súditos os cumprimentando, Diana literalmente correu para Londres. Nunca mais passaria nenhuma festa especial entre os Windsor novamente.

A separação, no entanto, ainda não era oficial. Em 1992, o casal ainda passou afastado, sem quase nenhum evento público juntos. A famosa foto de Diana, em frente ao Taj Mahal, sozinha, falou volumes sobre a verdade do casamento. A pressão e a desconfiança da opinião pública aumentavam.

Depois do natal de 1991, houve a tentativa de uma separação oficial, anunciada em dezembro de 1992, mas ainda evitando o divórcio.

O “fim” veio com a entrevista de Diana à BBC, falando abertamente da infidelidade do marido e de seu sofrimento ao tentar salvar o casamento. A honestidade da princesa encerrou qualquer alternativa de separação amigável. O divórcio foi finalizado em agosto de 1996, quase um ano antes de sua morte. Ela mesma, na entrevista da BBC, determinou como queria ser reconhecida, com um título que era ainda maior do que o de rainha. Diana é a Princesa do Povo.

5 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s