Os figurinos de Peaky Blinders

Na família Shelby, os gangsters da série Peaky Blinders, as mulheres têm voz e papel ativo no crime. Lideradas por tia Polly, ou Polly Gray, interpretada por Helen McCrory, as mulheres, assim como os homens, literalmente desfilam elegância.

A série é inspirada em uma gangue verdadeira, mas o roteiro toma liberdades. Umas das características verídicas mantidas na série está justamente nos figurinos dos Shelbys. Os homens andavam com ternos bem cortados e as mulheres, com joias e chapéus, eram facilmente identificadas por estarem sempre bem vestidas.

Os espetaculares figurinos assinado por Stephanie Collie, são todos representando os anos 1920s, período em que se passa a história. Segundo ela explicou, a série não tem pretensões de ser correta quanto aos fatos históricos. É Hollywood com orçamento de TV. Os figurinos são apurados com a época, com certa criatividade.

Tanto as mulheres quanto os homens são dignos de destaque, mas Polly é a melhor de todos.

Além de belos, os figurinos de Polly escondem detalhes letais, como o pino que segura o chapéu. Stephanie quis manter a feminilidade da líder feminina dos Shelby, mas com elementos masculinos, que traduzem a força que ela demonstrava para liderar a gangue.

Falaremos dos figurinos masculinos em outro post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s