Os vilões que odiamos amar

Desde Os Sopranos o anti-herói ganhou protagonismo nas tramas e frequentemente o vilão lidera as histórias. Vikings e Peaky Blinders, as duas séries de fãs apaixonados, não é diferente. Ambas contam histórias de sagas familiares, traições e ambições desenfreadas, recheadas de violência e com apoio histórico. Nesse contexto, Ivar, the Boneless e Thomas Shelby são irmãos.

Ivar e Tommy são homens sem moral, práticos e lideram uma família com mão de ferro. Ambos querem e têm poder, com trajetória marcada pela tragédia e solidão. Ambos são irmãos “mais inteligentes”, que furaram a ordem hereditária e assumiram as rédeas da família. Nem Tommy nem Ivar tem problemas em usar de violência e assassinato para conseguirem subir, não têm palavra e não confiam em ninguém, nem mesmo seus irmãos. Tommy, no entanto, tem a aprovação e adoração dos seus. Ivar, mesmo comprovando seu valor com líder, não.

Ivar, o desossado é inspirado no verdadeiro Viking que liderou a invasão inglesa, em 870 D.C.. Ele era, como na série, deficiente físico, e a história conta que Ivar não possuía ossos em seu corpo (por isso o apelido). Hoje, historiadores acreditam que Ivar possuía uma doença conhecida como osteogênese (Ossos de Vidro) e os restos mortais do guerreiro encontrados por um fazendeiro no século 17 evidenciam que, mesmo assim, media mais de dois metros de altura.

Na série, o jovem dinamarquês Alex Høgh Andersen dá vida a Ivar, sendo adorado pelo público da série, mesmo quando o caçula de Ragnar Lothbrok faz atrocidades. A última parte da história segue na guerra civil entre irmãos e Ivar parece ter derrotado Bjorn Ironside. Será?

Tommy Shelby, de Peaky Blinders, também é inspirado em um homem real, mas distante do verdadeiro. O real, Thomas Gilbert, mudava de nome rotineiramente, adotando diferente identidades. Os Peaky Blinders efetivamente existiram em Birmingham, mas não eram organizados, nem controlaram toda a Inglaterra, ou eram milionários. 

Cillian Murphy está espetacular e traz a frieza necessária para Tommy, que é capaz das maiores atrocidades e ainda assim manter uma cara doce.

Vikings chegará à sua conclusão dois anos antes do que Peaky Blinders.

2 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s