A vez dos Críticos escolherem os Melhores de 2020 (indicados e palpites)

Domingo será um dia animado. A entrevista de Meghan Markle e príncipe Harry para Oprah Winfrey deve dominar a audiência, porém para os que acompanham premiações sabe que Hollywood vai estar ligada no Critic’s Choice Awards 2021.

O Golden Globes, que abriu a temporada e meio que definiu a tendência dos vencedores, é composto por jornalistas estrangeiros apenas, portanto o Critic’s Choice Awards é essencialmente a escolha de americanos ou críticos da língua inglesa. Não chega a ser um júri popular (esse é o People’s Choice Awards), mas tampouco tem ator votando em ator. De certa forma, poderia-se esperar disparidades entre as premiações, mas não acontece. Os indicados são mais ou menos os mesmos e assim serão os escolhidos.

O Critic’s Choice Awards confirmou em transparência total as contas que colocam a Netflix como o maior estúdio da temporada. São 72 indicações totais, seguido pela HBO, com 24 e Amazon Prime Video com 18. A Warner, que é um dos principais criadores de conteúdo em Hollywood, teve apenas 10 indicações. Mesmo somando a HBO, da qual é dona, fica atrás da Netflix. É a mudança de comportamento espelhada sem a menor dúvida no reconhecimento do mercado.

Os palpites abaixo.

MELHOR FILME
Da 5 Bloods (Netflix)
Ma Rainey’s Black Bottom (Netflix)
Mank (Netflix)
Minari (A24)
News of the World (Universal Pictures)
Nomadland (Searchlight Pictures)
One Night in Miami (Amazon Studios)
Promising Young Woman (Focus Features)
The Trial of the Chicago 7 (Netflix)

Toda pinta que Nomadland será o vencedor.

MELHOR ATOR
Ben Affleck – The Way Back (Warner Bros.)
Chadwick Boseman – Ma Rainey’s Black Bottom (Netflix)
Tom Hanks – News of the World (Universal Pictures)
Anthony Hopkins – The Father (Sony Pictures Classics)
Delroy Lindo – Da 5 Bloods (Netflix)
Gary Oldman – Mank (Netflix)
Steven Yeun – Minari (A24)

Chadwick Boseman será o vencedor póstumo sem a menor dúvida.

MELHOR ATRIZ
Viola Davis – Ma Rainey’s Black Bottom (Netflix)
Andra Day – The United States vs. Billie Holiday (Hulu)
Sidney Flanigan – Never Rarely Sometimes Always (Focus Features)
Vanessa Kirby – Pieces of a Woman (Netflix)
Frances McDormand – Nomadland (Searchlight Pictures)
Carey Mulligan – Promising Young Woman (Focus Features)
Zendaya – Malcolm & Marie (Netflix)

Aqui pode ser diferente do Golden Globes. O filme The United States vs. Billie Holiday não foi bem recebido pela crítica e pode minar as chances de Andra Day. Zendaya será homenageada na noite com o prêmio SeeHer, que reconhece engajamento e inclusão de gênero e etnia. Mesmo assim, ela pode ser a zebra. Meu palpite é que Carey Mulligan será a eleita, mas a categoria está bem difícil de estimar esse ano.

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Chadwick Boseman – Da 5 Bloods (Netflix)
Sacha Baron Cohen – The Trial of the Chicago 7 (Netflix)
Daniel Kaluuya – Judas and the Black Messiah (Warner Bros.)
Bill Murray – On the Rocks (A24/Apple TV+)
Leslie Odom, Jr. – One Night in Miami (Amazon Studios)
Paul Raci – Sound of Metal (Amazon Studios)

Veremos Daniel Kaluuya mais uma vez vencendo. Ele será indicado ao Oscar, mas lá deve “perder” para Chadwick. O bom dos outros prêmios com mais categorias é que Daniel possa ser justamente reconhecido sem afetar a homenagem à Chadwick.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Maria Bakalova – Borat Subsequent Moviefilm (Amazon Studios)
Ellen Burstyn – Pieces of a Woman (Netflix)
Glenn Close – Hillbilly Elegy (Netflix)
Olivia Colman – The Father (Sony Pictures Classics)
Amanda Seyfried – Mank (Netflix)
Yuh-Jung Youn – Minari (A24)

Glenn Close tem o mesmo problema que Andra Day, os críticos não curtiram o filme. Está entre Olivia Colman e Amanda Seyfried, mas aposto em Olivia.

MELHOR ATOR/ATRIZ JOVEM
Ryder Allen – Palmer (Apple TV+)
Ibrahima Gueye – The Life Ahead (Netflix)
Alan Kim – Minari (A24)
Talia Ryder – Never Rarely Sometimes Always (Focus Features)
Caoilinn Springall – The Midnight Sky (Netflix)
Helena Zengel – News of the World (Universal Pictures)

Categoria edarista e estranha, mas eu aposto e torço em Helena!

MELHOR ELENCO
Da 5 Bloods (Netflix)
Judas and the Black Messiah (Warner Bros.)
Ma Rainey’s Black Bottom (Netflix)
Minari (A24)
One Night in Miami (Amazon Studios)
The Trial of the Chicago 7 (Netflix)

Está entre One Night in Miami e 7 de Chicago. Aposto nos sete.

MELHOR DIRETOR
Lee Isaac Chung – Minari (A24)
Emerald Fennell – Promising Young Woman (Focus Features)
David Fincher – Mank (Netflix)
Spike Lee – Da 5 Bloods (Netflix)
Regina King – One Night in Miami (Amazon Studios)
Aaron Sorkin – The Trial of the Chicago 7 (Netflix)
Chloé Zhao – Nomadland (Searchlight Pictures)

O ano será uma lavada para Cloé Zhao. Não tem pra ninguém.

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Lee Isaac Chung – Minari (A24)
Emerald Fennell – Promising Young Woman (Focus Features)
Jack Fincher – Mank (Netflix)
Eliza Hittman – Never Rarely Sometimes Always (Focus Features)
Darius Marder & Abraham Marder – Sound of Metal (Amazon Studios)
Aaron Sorkin – The Trial of the Chicago 7 (Netflix)

Se fosse outro ano, estaria entre Sorkin e Fincher, mas aposto em Emerald Fennell

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Paul Greengrass & Luke Davies – News of the World (Universal Pictures)
Christopher Hampton and Florian Zeller – The Father (Sony Pictures Classics)
Kemp Powers – One Night in Miami (Amazon Studios)
Jon Raymond & Kelly Reichardt – First Cow (A24)
Ruben Santiago-Hudson – Ma Rainey’s Black Bottom (Netflix)
Chloé Zhao – Nomadland (Searchlight Pictures)

Será de Chloé de novo, sem dúvida.

MELHOR FOTOGRAFIA
Christopher Blauvelt – First Cow (A24)
Erik Messerschmidt – Mank (Netflix)
Lachlan Milne – Minari (A24)
Joshua James Richards – Nomadland (Searchlight Pictures)
Newton Thomas Sigel – Da 5 Bloods (Netflix)
Hoyte Van Hoytema – Tenet (Warner Bros.)
Dariusz Wolski – News of the World (Universal Pictures)

Entre Mank e Tenet. Aposto no preto e branco de Mank.

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Cristina Casali, Charlotte Dirickx – The Personal History of David Copperfield (Searchlight Pictures)
David Crank, Elizabeth Keenan – News of the World (Universal Pictures)
Nathan Crowley, Kathy Lucas – Tenet (Warner Bros.)
Donald Graham Burt, Jan Pascale – Mank (Netflix)
Kave Quinn, Stella Fox – Emma (Focus Features)
Mark Ricker, Karen O’Hara & Diana Stoughton – Ma Rainey’s Black Bottom (Netflix)

Amo a categoria e veremos Emma arrebatando o prêmio.

MELHOR EDIÇÃO
Alan Baumgarten – The Trial of the Chicago 7 (Netflix)
Kirk Baxter – Mank (Netflix)
Jennifer Lame – Tenet (Warner Bros.)
Yorgos Lamprinos – The Father (Sony Pictures Classics)
Mikkel E. G. Nielsen – Sound of Metal (Amazon Studios)
Chloé Zhao – Nomadland (Searchlight Pictures)

Não tem como não ser Tenet

MELHOR FIGURINO
Alexandra Byrne – Emma (Focus Features)
Bina Daigeler – Mulan (Disney)
Suzie Harman & Robert Worley – The Personal History of David Copperfield (Searchlight Pictures)
Ann Roth – Ma Rainey’s Black Bottom (Netflix)
Nancy Steiner – Promising Young Woman (Focus Features)
Trish Summerville – Mank (Netflix)

Vai ser difícil, mas torço por Bina Daigeler que fez um trabalho espetacular em Mulan. Reveja a entrevista que fiz com ela.

MELHOR MAQUIAGEM
Emma (Focus Features)
Hillbilly Elegy (Netflix)
Ma Rainey’s Black Bottom (Netflix)
Mank (Netflix)
Promising Young Woman (Focus Features)
The United States vs. Billie Holiday (Hulu)

Todos maravilhosos, vou apostar em Emma mais uma vez.

MELHOR COMÉDIA
Borat Subsequent Moviefilm (Amazon Studios)
The Forty-Year-Old Version (Netflix)
The King of Staten Island (Universal Pictures)
On the Rocks (A24/Apple TV+)
Palm Springs (Hulu and NEON)
The Prom (Netflix)

Alguém duvida de Borat aqui?

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Another Round (Samuel Goldwyn Films)
Collective (Magnolia Pictures)
La Llorona (Shudder)
The Life Ahead (Netflix)
Minari (A24)
Two of Us (Magnolia Pictures)

Apesar do apelo de Sofia Loren em Life Ahead, será Minari.


MELHOR CANÇÃO
Everybody Cries – The Outpost (Screen Media Films)
Fight for You – Judas and the Black Messiah (Warner Bros.)
Husavik (My Home Town) – Eurovision Song Contest: The Story of Fire Saga (Netflix)
Io sì (Seen) – The Life Ahead (Netflix)
Speak Now – One Night in Miami (Amazon Studios)
Tigress & Tweed – The United States vs. Billie Holiday (Hulu)

Será Io Sì, mas eu queria Speak Now. Mais ainda, seria espetacular premiar Husavik!

MELHOR TRILHA SONORA
Alexandre Desplat – The Midnight Sky (Netflix)
Ludwig Göransson – Tenet (Warner Bros.)
James Newton Howard – News of the World (Universal Pictures)
Emile Mosseri – Minari (A24)
Trent Reznor & Atticus Ross – Mank (Netflix)
Trent Reznor, Atticus Ross, and Jon Batiste – Soul (Disney

Será de Soul.

MELHOR SÉRIE DRAMA
Better Call Saul (AMC)
The Crown (Netflix)
The Good Fight (CBS All Access)
Lovecraft Country (HBO)
The Mandalorian (Disney+)
Ozark (Netflix)
Perry Mason (HBO)
This Is Us (NBC)

Será o ano de The Crown. E irônico ter a entrevista com Harry e Meghan na mesma noite

MELHOR ATOR DRAMA SERIES
Jason Bateman – Ozark (Netflix)
Sterling K. Brown – This Is Us (NBC)
Jonathan Majors – Lovecraft Country (HBO)
Josh O’Connor – The Crown (Netflix)
Bob Odenkirk – Better Call Saul (AMC)
Matthew Rhys – Perry Mason (HBO)

Meu palpite é Josh O’Connor, mas Jason Bateman pode surpreender

MELHOR ATRIZ A DRAMA SERIES
Christine Baranski – The Good Fight (CBS All Access)
Olivia Colman – The Crown (Netflix)
Emma Corrin – The Crown (Netflix)
Claire Danes – Homeland (Showtime)
Laura Linney – Ozark (Netflix)
Jurnee Smollett – Lovecraft Country (HBO)

Mesma coisa, tem a cara de ser Emma Corrin, mas Laura Linney pode tirar a coroa dela

MELHOR ATOR COADJUVANTE DRAMA SERIES
Jonathan Banks – Better Call Saul (AMC)
Justin Hartley – This Is Us (NBC)
John Lithgow – Perry Mason (HBO)
Tobias Menzies – The Crown (Netflix)
Tom Pelphrey – Ozark (Netflix)
Michael K. Williams – Lovecraft Country (HBO)

Não tenho certeza, mas This Is Us tem força então acho que Justin Hartley

MELHOR ATRIZ DRAMA SERIES
Gillian Anderson – The Crown (Netflix)
Cynthia Erivo – The Outsider (HBO)
Julia Garner – Ozark (Netflix)
Janet McTeer – Ozark (Netflix)
Wunmi Mosaku – Lovecraft Country (HBO)
Rhea Seehorn – Better Call Saul (AMC)

Julia Garner pode tirar de Gillian Anderson o prêmio porque críticos foram mais duros com sua versão para Margaret Thatcher

MELHOR SÉRIE COMÉDIA
Better Things (FX)
The Flight Attendant (HBO Max)
Mom (CBS)
PEN15 (Hulu)
Ramy (Hulu)
Schitt’s Creek (Pop)
Ted Lasso (Apple TV+)
What We Do in the Shadows (FX)

Será a homenagem iniciada nos Emmys para Schitt’s Creek.

MELHOR ATOR SÉRIE COMÉDIA
Hank Azaria – Brockmire (IFC)
Matt Berry – What We Do in the Shadows (FX)
Nicholas Hoult – The Great (Hulu)
Eugene Levy – Schitt’s Creek (Pop)
Jason Sudeikis – Ted Lasso (Apple TV+)
Ramy Youssef – Ramy (Hulu)

Será como no Golden Globes, reconhecendo Jason Sudeikis

MELHOR ATRIZ SÉRIE COMÉDIA
Pamela Adlon – Better Things (FX)
Christina Applegate – Dead to Me (Netflix)
Kaley Cuoco – The Flight Attendant (HBO Max)
Natasia Demetriou – What We Do in the Shadows (FX)
Catherine O’Hara – Schitt’s Creek (Pop)
Issa Rae – Insecure (HBO)

Queria Issa Rae ou Christina Applegate, mas Catherine O’Hara é a mais esperada

MELHOR ATOR COADJUVANTE COMÉDIA SÉRIES
William Fichtner – Mom (CBS)
Harvey Guillén – What We Do in the Shadows (FX)
Daniel Levy – Schitt’s Creek (Pop)
Alex Newell – Zoey’s Extraordinary Playlist (NBC)
Mark Proksch – What We Do in the Shadows (FX)
Andrew Rannells – Black Monday (Showtime)

Aposto na lavada de Schitt’s Creek e Daniel Levy

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE COMÉDIA SERIES
Lecy Goranson – The Conners (ABC)
Rita Moreno – One Day at a Time (Pop)
Annie Murphy – Schitt’s Creek (Pop)
Ashley Park – Emily in Paris (Netflix)
Jaime Pressly – Mom (CBS)
Hannah Waddingham – Ted Lasso (Apple TV+)

Entre Rita Moreno e Annie Murphy. Aposto em Rita.

MELHOR MINISSÉRIE
I May Destroy You (HBO)
Mrs. America (FX)
Normal People (Hulu)
The Plot Against America (HBO)
The Queen’s Gambit (Netflix)
Small Axe (Amazon Studios)
The Undoing (HBO)
Unorthodox (Netflix)

Será The Queen’s Gambit, o fenômeno da pandemia.

MELHOR FILME PARA TV
Bad Education (HBO)
Between the World and Me (HBO)
The Clark Sisters: First Ladies of Gospel (Lifetime)
Hamilton (Disney+)
Sylvie’s Love (Amazon Studios)
What the Constitution Means to Me (Amazon Studios)

Categoria redundante agora que o consumo mudou, mas Hamilton será o eleito

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE
John Boyega – Small Axe (Amazon Studios)
Hugh Grant – The Undoing (HBO)
Paul Mescal – Normal People (Hulu)
Chris Rock – Fargo (FX)
Mark Ruffalo – I Know This Much is True (HBO)
Morgan Spector – The Plot Against America (HBO)

Pouca dúvida de que John Boyega não leve esse

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE
Cate Blanchett – Mrs. America (FX)
Michaela Coel – I May Destroy You (HBO)
Daisy Edgar-Jones – Normal People (Hulu)
Shira Haas – Unorthodox (Netflix)
Anya Taylor-Joy – The Queen’s Gambit (Netflix)
Tessa Thompson – Sylvie’s Love (Amazon Studios)

Tem gente de peso mas Anya Taylor-Joy está tranquila na frente

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM MINISSÉRIE
Daveed Diggs – The Good Lord Bird (Showtime)
Joshua Caleb Johnson – The Good Lord Bird (Showtime)
Dylan McDermott – Hollywood (Netflix)
Donald Sutherland – The Undoing (HBO)
Glynn Turman – Fargo (FX)
John Turturro – The Plot Against America (HBO)

Não me sinto segura, mas diria que John Turturro tem chance…

MELHOR ATRIZ COAJUVANTE EM FILME FEITO PARA T
Uzo Aduba – Mrs. America (FX)
Betsy Brandt – Soulmates (AMC)
Marielle Heller – The Queen’s Gambit (Netflix)
Margo Martindale – Mrs. America (FX)
Winona Ryder – The Plot Against America (HBO)
Tracey Ullman – Mrs. America (FX)

Ninguém tira de Uzo Aduba e ela merece


Quais os seus palpites?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s