Pam e Tommy: a conclusão

A história do roubo e vazamento da fita caseira de Pamela Anderson e Tommy Lee foi um marco, doloroso, na cultura e tecnologia. Disponibilizado por vias tortas no nascer da demanda virtual, ele dividiu águas e acabou com o relacionamento e as carreiras das duas estrelas, que foram praticamente as únicas a não fazerem um único centavo do conteúdo que rendeu milhões de dólares.

Revisada hoje, a dor e a humilhação de Pamela, em particular, ganha destaque pois o roubo foi uma resposta à Tommy Lee e ela foi apenas o colateral em um mundo machista. O que ela enfrentou é indescritível até hoje e importante ser ressaltado. Porém, todo drama poderia ter sido concluído em quatro ou cinco episódios e chegar ao oitavo ficou repetitivo. A parte mais interessante, que foi o acordo feito para “parar” a circulação pirata das imagens, não durou nem 5 minutos e é a que até hoje gera muita discussão. O arrependimento do de Randall também pareceu arrastado. Uma pena, porque a série começou promissora.

Lily James e Sebastian Stan, um pouco caricatos em alguns momentos, seguraram bem a série. Perderam timing, mas foi um conteúdo interessante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s