O que esperar do Emmys 2022?

A Variety nos lembra que no dia 12 de julho, conheceremos os indicados aos Emmys 2022. A votação terminou essa semana, portanto a sorte já está lançada.

Vamos ver a previsão da publicação e palpitar também?

Drama

Listam Jeremy Strong por Succession, um ganhador na categoria mas mais uma temporada espetacular do ator. Jason Bateman por Ozark e Lee Jung-jae por Squid Game também são escolhas certas. Na “sobra” das vagas, a Variety aposta em Kevin Costner por Yellowstone, Bob Odenkirk por Better Call Saul e Josh Brolin por Outer Range. Entre as outras indicações, tem sempre Brian Cox (Succession) e Sterling K. Brown (This Is Us), consistentes e em séries fortes. Adam Scott com Severance e Jamie Dornan por The Tourist também tem chances. Gary Oldman (Slow Horses) e Tom Hiddleston (Loki) são outros candidatos.

A “minha” lista teria Jeremy Strong, Jason Bateman, Cillian Murphy por Peaky Blinders (minimente como reconhecimento pela série fenomenal e sucesso mundial) e sim gente, também daria reconhecimento a Travis Fimmell pela louca e curta série Raised by Wolves. Depois de Vikings, mais uma vez ele deu vida a uma personagem cheia de contradições e deu show. Mas… a Variety vai acertar. E não nos enganemos, será o terceiro ano de lavada para Succession.

Entre as mulheres, também as obvias. A vencedora anunciada da categoria, Zendaya por uma atuação nada menos do que espetacular em Euphoria. Laura Linney por Ozark, Mandy Moore por This Is Us e Melanie Lynskey e Juliette Lewis pela febre, Yellowjackets. Eu não gosto do trabalho de Jenniffer Aniston em The Morning Show, mas ela é popular entre os colegas. Deve estar na lista.

Outra que sempre está no meio é Nicole Kidman, mas 9 Strangers está a anos luz do que fez em Big Little Lies. Jodie Comer até pode estar entre as finalistas por Killing Eve, mas ganhou quando a série ainda era sucesso. Passou e acabou e ninguém falou muito.

Nessa categoria não tenho preferidas e nem preciso porque o prêmio é de Zendaya.

Nos coadjuvantes, concordo com a Variety que será o elenco de Succession em peso: Matthew Macfadyen, Kieran Culkin, Alan Ruck e Nicholas Braun. Billy Crudup (The Morning Show), Jonathan Banks e Giancarlo Esposito de Better Call Saul e JohnTurturro de Severance. Aqui, lá embaixo da lista eles colocam Travis Fimmell, que eu não considerava coadjuvante (mas sem chance). Matthew Macfadyen deveria estar preparando o discurso.

Entre as mulheres veremos novamente Julia Garner vencer por Ozark, e com ela teremos Sarah Snook e J. Smith Cameron por Succession, Rhea Seehorn (Better Call Saul), Jung Ho-yeon (Squid Game), Christina Ricci por Yellowjackets, Patricia Arquette (Severance) e, para mim uma surpresa mas faz sentido, Sadie Sink por Stranger Things. Também não faz diferença por Julia Garner é a franco favorita. E não descarto que Sydney Sweeney emplaque uma indicação poe Euphoria.

Comédia

Categoria mais disputada do que Drama esse ano, com briga de vencedores. Variety tem uma lista acertada, a meu ver com Bill Hader (Barry) e Jason Sudeikis (Ted Lasso), ex-colegas em Saturday Night Live, em pé de igualdade de sucesso e qualidade. O divertido será ver se vão pender para algo mais denso (Barry) ou positivo (Ted Lasso). Amo as duas séries, então estarei feliz. Para fechar a categoria, teremos a dupla Steve Martin e Martin Short por Only Murders in the Building. Eu difiro em seguida. A revista lista Donald Glover (Atlanta) e Don Chadle (Black Monday), que trazem diversividade para uma categoria de brancos, mas eu ainda queria Nicholas Hout (The Great), entre os finalistas.

Com as mulheres, a campanha está pesada por Selena Gomez em Only Murders in the Building, um senhor exagero. Ninguém tira o prêmio de Jean Smart por Hacks, a vencedora do ano passado. Issa Rae (Insecure), Tracee Ellis Ross (Black-ish) e Rachel Brosnahan (A Maravilhosa Mrs. Maisel) têm menos chances. A Variety acha que Quinta Brunson (Abbot Elementary) é que está na lista, e lamento por Kaley Cuoco (The Flight Attendant) e Elle Fanning (The Great), que foram ótimas. E tenho pena de Natasha Lyonne (Russian Doll) não entrar.

Nos coadjuvantes, é quase tédio de tão obvio. O elenco de Ted Lasso deveria quase todas as vagas, mas apostam apenas em Brett Goldstein e Nick Mohammed conseguindo. Barry, no entanto, que já tem um vencedor de outro ano, Henry Winkler, o traz ao lado de Stephen Root e Anthony Carrigan. Para equilibrar, Paul W. Downs de Hacks, Tony Shalhoub por A Maravilhosa Mrs. Maisel e Kenan Thompson por Saturday Night Live são as outras apostas. Eu não excluiria outro vencedor, Luke Kirby que está excelente como Lenny Bruce em A Maravilhosa Mrs. Maisel.

Entre as mulheres parece a princípio maior equilíbrio, mas minha aposta e torcida vai para Sarah Goldberg de Barry, em um papel complicado e brilhante de uma narcisista. Fora que seria engraçado vê-la repetir a cena da série ao vivo… com ela estarão as indicadas de anos anteriores: Hannah Waddingham e Juno Temple (Ted Lasso), Hannah Einbinder (Hacks), Alex Borstein (A Maravilhosa Mrs. Maisel), Amy Ryan (Only Murders in the Building), Kate McKinnon por seu último anos em Saturday Night Live e Sheryl Lee Ralph (Abbot Elementary) são as favoritas. Sinto falta de Yvonne Orji por Insecure, mas tem pouca chance.

Vamos falar de outras categorias em post separado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s