Depois de Stranger Things, Thor também tem Dio

Eddie Munson, de Stranger Things, usava uma jaqueta jeans da banda Dio, cujo sucesso nos anos 1980s se encaixava perfeitamente na trilha sonora da série. Eddie usava a jaqueta do segundo álbum da banda The Last in Line (que também teria ficado perfeita na cena em que entrou Metallica). O lendário vocalista Ronnie James Dio, fundador da banda, está em alta em 2022. Um dos reis do heavy metal, tem destaque também em Thor: Amor e Trovão. Isso mesmo, o filme encerra com um dos maiores sucessos de Dio, Rainbow in the Dark.

Rainbow in the Dark aparece no álbum de estreia de Dio, Holy Diver e foi usado em Thor já no Comic Con de 2019, quando Amor e Trovão foi anunciado. É um dos maiores clássicos da banda e que se encaixa perfeitamente na história do filme.

Por muitos anos rezou a lenda de que não era uma das favoritas de Dio por ser comercial. Sem surpresa é um dos maiores hits da banda até hoje. “Para mim foi muito pop para o álbum. Eu não queria criar um pop porque eu vinha do Black Sabbath, uma banda que me permitia fazer qualquer coisa tão sombria quanto eu quisesse. Eu não queria que aquelas pessoas que gostaram do que eu fiz no Black Sabbath dissessem: ‘Agora ele mudou. Ele se tornou um artista pop. Mas eles me convenceram e eu agradeci várias vezes. Eu ainda sinto que a música é muito pop, mas funciona”, ele disse em um entrevista.

O riff foi criado pelo guitarrista Vivian Campbell, em cima de uma canção que tinha escrito aos 16 anos, “Lady Marianne”, que estava tocando em um ensaio quando o vocalista se juntou aos músicos, imediatamente cantar a melodia em cima. No total, levaram 10 minutos para escrever tudo. Para os fãs e os músicos, o diferencial estava não apenas na grande potência vocal de Ronnie James Dio, mas igualmente seu talento para melodias e letras.


Rainbow in the Dark é considerada uma das melhores canções de heavy metal dos anos 1980s. Embora o título sugira uma brincadeira com a passagem de Dio pela banda Rainbow, a inspiração foi seu desentendimento no Black Sabbath, onde ele canta sobre se sentir isolado e impossibilitado de desenvolver completamente, “como um arco-íris no escuro”.

 ‘I cry out for magic, I feel it dancing in the night/It was cold, I lost my hold, to the shadows of the night…’  ‘Eu clamo por magia, eu sinto isso dançando na noite Estava frio, perdi meu controle, para as sombras da noite…’

A escolha de colocar Dio na trilha sonora de Thor foi do diretor Taika Waititi, que já tinha usado Immigrant Song, de Led Zepellin, em outro filme da franquia. Ter um clássico de heavy metal já virou tradição dos filmes de Thor.

A canção de Dio é perfeita para um Deus como Thor. Foi usada justamente após ele enfrentar Zeus, portanto reúne os elementos preferidos da banda e do vocalista: fantasia e mágica.

Uma grande homenagem a um dos mais importantes músicos do rock. Ficou de arrepiar.

2 comentários Adicione o seu

  1. Larissa vaz disse:

    eu dopo algema se queixa .
    digindo o carro olhos pra mim.
    imterroper não sabe o que é.nao que houver…….se próxima ele .

    Curtir

  2. Larissa vaz disse:

    eu dopo algema se queixa.
    digindo o carro olhos pra mim.
    imterroper não sabe o que é.nao que houver……..se próxima ele.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s