Em breve: a incrível vida de Catarina de Medici na Starz

Desde que o projeto da série sobre Catarina de Medici foi anunciada, em 2021, tenho acompanhado cada passo. Nessa semana, além de House of the Dragon, a EW Magazine compartilhou as primeiras fotos oficiais da série que deve estrear em breve, após a conclusão de Becoming Elizabeth.

As fotos estão incríveis e revelam muitos detalhes da produção. O principal e mais emocionante foi saber que rodaram no castelo de Chenonceau, que tem uma importância ímpar na trama.

Samantha Morton será a Catarina mais velha, mas a história vai mostrar em flashbacks a chegada de uma inexperiente e desprezada Catarina quando jovem, quando se casou com o futuro Rei da França e contava apenas com o apoio de seu tio, o Papa Clemente (vivido pelo maravilhoso Charles Dance, de Game of Thrones).


Assim como as ‘outras rainhas’ saíram dos livros, The Serpent Queen também tem como base uma biografia. No caso, a que foi escrita por Leonie Frieda, em 2003. O nome se refere ao apelido que Catarina ganhou depois de mais velha, quando despertava medo e respeito entre familiares e súditos, especialmente por sua notória preferência de usar venenos para lidar com os inimigos.

Como já lembrei aqui no blog, Catarina foi para a corte francesa com apenas 16 anos, com um dote que interessava ao sogro, Rei François I e com a missão de ter muitos herdeiros. O problema é que o traumatizado Henry II era apaixonado por outra, Diana de Poitiers (Ludivine Sagnier) e logo criou aversão pela esposa. Catarina conviveu com a humilhação até a morte do marido, quando sua vingança foi inesquecível. Governou a França, direta e indiretamente, por 30 anos.



Na série a narrativa vai usar flashbacks para mostrar os primeiros anos de Catarina (nessa fase, interpretada por Liv Hill), contando com apoio da nova serva, Rahima (Sennia Nanua).

Vamos voltar várias vezes à curiosidades sobre a personagem e a série. Ela tem ligação dupla com as Rainhas Inglesas, pois Catarina tinha aversão aos Guises e seu primogênito foi o primeiro marido de Mary Stuart, a rainha escocesa e prima de Elizabeth I. Catarina conviveu com Henrique VIII e Catarina de Aragão, certamente conheceu Ana Bolena quando ela viveu na Corte francesa e, como católica fervorosa, foi além de Mary I e foi a responsável pela morte de milhares de protestantes no Massacre de São Bartolomeu. Rainha Margot era filha de Catarina e um de seus filhos cortejou por muitos anos Elizabeth I.

É bom saber que vamos explorar outras monarquias europeias em períodos semelhantes, fãs de história adoram o assunto!

O que achou dos looks?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s