Entenda quem é quem em House of the Dragon

COMO SERÁ PUBLICADO NO CADERNO B+ DO CORREIO DO ESTADO EM 12/08

Se você está em alguma rede social já foi impactado pelo hype em torno do lançamento de House of the Dragon, o conteúdo que conversa com o maior fenômeno dos últimos anos, Game of Thrones. A estreia é semana que vem, dia 21, mas para os “não iniciados”, vale um guia básico para poder acompanhar a história, pelo menos de acordo com os livros. Sempre se ajusta para TV, mas, pelo que temos visto, está bem fiel ao universo pensado por George R. R. Martin. Por isso o aviso, a coluna de hoje é, forçosamente, cheia de spoiler. Tentarei ao máximo evitar o que pode vir a ser surpresa, mas será difícil. Vamos lá? Bom, antes, a boa notícia. Se não tiver assistido Game of Thrones não terá problema algum de entender e acompanhar House of the Dragon. A trama acontece mais de 100 anos ANTES, portanto os nomes de famílias e os locais podem ser os mesmos, mas a história é outra.



A história se passa no reino de Westeros, que é formado por sete regiões, e dominado pela família Targaryen, originária de Valyria. Quem vem de Valyria tem os cabelos loiros quase brancos, o que os destaca entre os demais. Os Targaryens invadiram Westeros há quase 200 anos, com dragões sob seu comando. Para facilitar, pense neles como a “Família Real”, mas entre os nobres de Westeros sempre há a ambição de destroná-los. 

Os dragões e os cabelos quase brancos nem são o mais peculiar entre os Targaryens.  Assim como os Ptolomaicos no Egito, eles se casam entre si para manter a pureza da linhagem, com raras exceções aqui e ali. Isso é importante pois não existe incesto no vocabulário de House of the Dragon. Como consequência ganham a fama de que a sanidade em um Targaryen é uma questão de sorte.

Tudo começa e acaba com a questão de sucessão. Durante o reinado do já ancião Jaehaerys I, ele prefere que a coroa vá para homens, por isso quando seus dois herdeiros diretos morrem, Jaehaerys escolhe eu neto, Viserys I como rei, ignorando a prioridade da neta, Rhaenys

Viserys I tem o mesmo problema que o avô: só tem uma filha mulher, Rhaenyra, e o tio dela, Daemon, já se vê como substituto certo. Ledo engano.  Viserys I muda a regra do jogo e determina que Rhaenyra será rainha depois dele. Uma ousadia que terá o preço pago com fogo e sangue.

Haverá casamentos entre primos irmãos, entre tios e sobrinhas, prepare-se. O que pega é que se Viserys tivesse apenas escolhido Rhaenyra como sucessora, já seria complicado, mas o rei se casa novamente, agora com a jovem Alicent Hightower, e tem quatro filhos com ela, três deles, homens. Alicent entende que seu filho tem prioridade para ser rei, mas não é assim que a banda toca. As duas mulheres, em lados opostos, vão criar alianças e inimigos brigando pelo Trono de Ferro. Vou parar os detalhes aqui porque a temporada deve acabar justamente com as duas ainda lutando pela Coroa e uma delas dando um golpe de estado.


Sei que acompanhar nomes esquisitos, parecidos e repetidos piora muito, mas não tem jeito, tem que decorar mesmo. Quando ler as vogais “a” e “e” juntas, “ae”, saiba que a pronúncia do “e” é mudo. Então Rhaenyra, se diz “Ranyra”, e assim vai. Aos poucos tudo fica mais fácil, pode deixar. O que não fica é acompanhar o grau de parentesco entre os Targaryens, que é importante por isso o mapa:

Rhaenys Targaryen é prima de Viserys I e Daemon Targaryen. Não foi Rainha porque é mulher.
  É casada com Corlys Velarion e mãe de dois filhos: Laenor e Laena.


– Viserys I é casado no início da série com Aemma e é pai de Rhaenyra Targaryen.
   Depois de viúvo, se casa com Alicent Hightower (amiga de Rhaenyra) e tem quatro filhos com ela.

Daemon Targaryen é irmão de Viserys, primo de Rhaenys, e tio de Rhaenyra.
   Começa a série casado e cheio de amantes, mas, quando fica viúvo, se casa uma segunda vez, agora com Laena, filha de sua prima Rhaenys. Os dois tem duas filhas.


– Rhaenyra 1º se casa com seu primo, Laenor, com quem tem 3 filhos (oficialmente com o marido, mas a aparência levanta dúvidas).

  Quando Daemon e ela ficam viúvos, os dois se casam (tio e sobrinha), e tem três filhos.

Eu não vou listar hoje os nomes dos filhos porque vocês enlouquecem. O importante é saber que:

– Os filhos de Alicent odeiam os sobrinhos, filhos de Rhaenyra, e sempre que se encontram, dá confusão.

– Claramente (e logo verão a razão) os filhos de Rhaenyera com Laenor são de outro homem, mas ela não admite. Alicent quer usar isso para tirá-la da sucessão.

– O pai de Alicent, é um dos homens mais perigosos de Westeros, Otto Hightower, e usa a filha para suas ambições políticas. Ele e Daemon são inimigos.

Sei que é muita informação. Leia, releia e quando a série estrear, vai se sentir um pouco mais por dentro… Espero!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s