A Rainha que cedeu à uma camponesa

Giselle é um fenômeno do ballet clássico, com uma história relativamente simples e que resiste a passagem do tempo com uma popularidade inabalável em 181 anos. A história de amor, traição, loucura, morte, vingança e perdão tem apenas dois atos, mas poderosos.

Naturalmente o papel título é o mais famoso da obra, tendo sido criado especialmente para Carlotta Grisi. No entanto, há outros momentos para que grandes bailarinas brilhem com destaque, em especial no papel de Myrtha, a Rainha das Willis.

Considerado “um presente” para bailarinas, Myrtha é desafiadora tecnicamente e uma personagem quase assustadora. Fria, soberana e cruel, Myrtha lidera um exército de almas de donzelas vingativas como ela. Implacável com os homens, simboliza para alguns “os monstros em que nos transformamos quando não podemos perdoar ou esquecer – quando abandonamos a misericórdia”, o oposto de Giselle.

A história da camponesa, como sabemos, foi criada para contextualizar o drama do segundo ato, o mais importante do ballet. Inspirada no poema escrito em 1828 por Victor HugoFantôme (Fantasmas) – por sua vez cita uma lenda popular alemã, sobre jovens virgens que morrem antes de seus casamentos (em geral depois de traições de seus amados) e cujas almas vagam pela floresta entre meia-noite e o raiar do dia. Se encontram um homem, o fazem dançar até a morte.

Então, trêmulo, ela o conduz à dança fatal,
Ao coro etéreo na sombra esvoaçante;
E no horizonte cinzento a lua é larga e pálida,
E o arco-íris das noites tingido de reflexo opala
A nuvem com franjas prateadas.

A história de construção de “quem é” Myrtha nunca foi explorado, mas há um grande número de curiosos. Afinal – RAINHA – seria literal? Como ela ganhou essa liderança?

“A história dela não é contada claramente em nenhum lugar que eu procurei. Há teorias de que ela é a rainha porque ela era rainha ou nobreza em vida. Ou será porque a morte dela foi a pior? Ou ela é mais malvada que as outras e se colocou na liderança? Será que teve votação? Ela é a mais velha?”, diz Cyndi Oliveira no blog O Meu Repertório. A parte ainda mais curiosa é a versão da bailarina Nora Esteves: “Myrna Jamus, uma prof muuuito entendida de ballet – disse que a Nora Esteves, contava que a Myrtha era a rainha porque a maldição começou com ela”, explicou Cyndi. Incrível, não?

No filme Dancers, Leslie Bowne interpreta Myrtha como outra ex-amante descartada por Albretch (Mikhail Baryshnikov), mas é uma sugestão meio ousada. O que ela leva como cetro é um galho de murta (para lembrança) e não é à toa que, mais uma vez recorrendo à Cyndi, ela lembra a palavra myrte, sugerindo a verdadeira origem de seu nome (mas não o título).

O fato é que Myrtha, ao contrário da pura Giselle, não encontra no além o sossego do perdão e é o poder do amor da camponesa que salva o arrependido Albretch (o pobre Hilarion, que só fez contar a verdade teve um destino menos nobre de morte sobre o controle das Willis).

O papel de Myrtha cria a oportunidade para ter duas grandes bailarinas na mesma noite, com a Rainha abrindo o segundo ato – sozinha – poderosa, inesquecível. Várias bailarinas alternam o papel na mesma temporada. A intérprete mais famosa de todos os tempos é a grande Maya Plisetskaya. Ela jamais dançou Giselle, apenas Myrtha. Dizem que justamente por ter sofrido uma decepção amorosa antes de estrear, criando uma superstição. Oficialmente ela disse jamais ter se interessado pela camponesa, apenas pela misteriosa Rainha. Sua interpretação, ao lado de Galina Ulanova, foi registrada em filme. Mágico.

1 comentário Adicione o seu

  1. Oi, Ana! Muito obrigada pela citação! Fico feliz que meu bloguito e minhas indagações de anos atrás tenham ajudado ❤ =D

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s