Kit Harignton: o final de Jon Snow em GOT foi uma maldição

Em tempos binários, há facções no universo de Game of Thrones que mesmo quase cinco anos depois do fim da saga, ainda despertam paixões. Defensores de Daenerys Targaryen odeiam os que argumentam a favor de Sansa Stark. Os dois lados se irritam com os que defendem Jon Snow. Não há santo que consiga acalmas os ânimos. Quem lê Miscelana sabe que aqui, somos pró-Jon Snow. Portanto não gostamos do fim da série, mas celebramos o anúncio do sequel, Snow.

Em 2018, exausto, com problemas pessoais e muita pressão, Kit Harignton era um dos homens mais famosos do planeta, ligado à Jon Snow sem poder – segundo consta – nem alterar o estilo de cabelo até que GOT estivesse concluído. Por 10 anos, enquanto outros membros do elenco conseguiam circular e se jogar em novos papéis, Kit estava “preso” à Jon, pelo menos visualmente. (Peter Dinklage fez outros filmes, mas também era facilmente identificado e se queixou disso). Portanto foi um dos mais veementes ao sequer discutir a possibilidade de uma continuação. Agora sabemos que praticamente imediatamente ele acionou um time de criativos que trabalha com ele e propôs um argumento sobre como seria a vida do heróis após tudo que aconteceu. Snow, o nome de trabalho da sequ6encia, é ainda guardado à sete chaves, mas há uma expectativa que seja exibida entre 2024 ou 2025.

Durante a primeira convenção oficial dos fãs de Game of Thrones, Kit foi a maior estrela presente e topou falar do passado, mas não abriu a boca sobre o futuro. Ele é sempre irônico e sincero sobre suas análises e defende a conclusão polêmica da série. Em 2019, ele deu razão aos roteiristas de “matar” Daenerys, depois que ela destruiu King’s Landing. “Acho que vai dividir”, disse o ator à Entertainment Weekly. “Mas se você rastrear a história dela desde o início, ela faz algumas coisas terríveis. Ela crucifica pessoas. Ela queima pessoas vivas. Isso está crescendo. Então, temos que dizer ao público: ‘Você também está negando essa mulher. Você sabia que algo estava errado. Você é culpado, você aplaudiu ela,’” ele completou, irritando aos fãs da Mãe dos Dragões (e tia de Jon). O ator segue firme na mesma convicção.

Isso quer dizer que Jon Snow ficou bem com o final? Lembrando que ele matou a rainha, amante e tia e “só” foi exilado, mas continuou vivo. Kit mantém a coerência. Segundo avalia, o que Jon fez estava correto, mas ele queria morrer por isso. “Se você perguntasse a ele [Jon], ele sentiria que se saiu bem”, disse o ator na convenção. “No final do show, quando o encontramos naquela cela, ele está se preparando para ser decapitado e quer ser. Ele está feito. O fato de ele ir para a Muralha é o maior presente e também a maior maldição.”

Obrigada, Kit! Sempre argumentei essa questão como a problemática do final. Sem entrar no mérito do arco de Daenerys, ou o sexismo de destruir a heroína e transformá-la em déspota, Jon Snow era um homem bom, que fez o que precisava para todos e foi descartado como lixo, embora fosse o verdadeiro herdeiro do trono. Jon foi manipulado por seus irmãos e amigos para trair a Rainha e esses mesmos mandantes do crime se isentaram de defendê-lo quando ele foi julgado. Sem jamais lembrar que ele fez o que pediram e que era um Targaryen, o “salvam” o condenando a voltar para uma vida que ele tinha deixado para trás: servir à Muralha. Com Jon impossibilitado de ficar em Westeros, seus irmãos foram nomeados soberanos – Bran, Rei de Westeros e Sansa, Rainha do Norte – e ele ficou de Assassino de Rainha. INJUSTO!

“Ele tem que voltar para o lugar com toda essa história e viver sua vida pensando em como ele matou Dany [Emilia Clarke], e viver sua vida pensando em Ygritte [Rose Leslie] morrendo em seus braços, e viver sua vida pensando sobre como ele enforcou Olly [Brenock O’Connor], e viveu sua vida pensando sobre todo esse trauma”, o ator explicou para os fãs. “Acho que onde o deixamos no final do show, sempre há esse sentimento de… acho que queríamos algum tipo de sorriso de que as coisas estão bem. Ele não está bem”, complementou.

Unindo o pensamento ao vídeo oficial da HBO, que fez um recap da trajetória de Jon concluindo com a declaração de que o mundo sempre precisa de bastardos e homens quebrados, já podemos vislumbrar a vertente de Snow.

Sem muita informação oficial, as especulações proliferam na Internet. Quem pode voltar? Será que Daenerys é ressucitada? Afinal, Drogon levou seu corpo e há formas de trazer mortos à vida, Jon que o diga. As possibilidades são inúmeras. Emilia Clarke, amiga pessoal do ator e de sua esposa, já negou que tenha algum envolvimento, mas o elenco de GOT é expert em guardar segredos. Outros, como Kristofer Hivju (Tormund Giantsbane), Gwendoline Christie (Ser Brienne) e Sophie Turner (Sansa Stark), não descartaram ter alguma participação, assim como Isaac Hempstead Wright (Bran Stark). Peter Dinklage (Tyrion Lannister) não falou sobre o assunto. Mas há uma esperança para a felicidade de Jon: quando perguntado se ele amaria novamente, Kit respondeu: “Espero que sim”. Ele merece ser feliz!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s