Aos 81 anos, morre Vivienne Westwood

Não seria injusto creditar à Vivienne Westwood a criação do look dos anos 1980s. Afinal, o movimento punk dos anos 1970s nasceu em sua loja em Londres e a estilista e empresária inglesa criou o punk moderno e a moda new wave, levando ambas para o mainstream, como muito bem mostrado na série Pistol, da Starplus.

“29 de dezembro de 2022. Vivienne Westwood morreu hoje, pacificamente e cercada por sua família, em Clapham, no sul de Londres. O mundo precisa de pessoas como Vivienne para fazer uma mudança para melhor,” sua família avisou no Twitter.

A assinatura Vivienne como estilista incluía irreverência e inconformidade com a sociedade, assim como designs andróginos e camisetas com slogans, colocando sua marca como uma das pioneiras no cenário da moda na década de 1970.

Sua loja em Chelsea, SEX, foi o ponto de encontro de muitos futuros artistas que mudaram a música na época. Depois de abrir quatro lojas em Londres, ela rapidamente se expandiu pela Grã-Bretanha e pelo resto do mundo com seus designs inovadores. Sua loja original era administrada por ela e Malcolm McLaren, mudando de nome para Seditionaries: Clothes for Heroes. Todos os looks dos Sex Pistols eram assinados por ela.

Pouco antes do lançamento da série Pistol, no primeiro semestre de 2022, outro ícone do punk faleceu, a modelo Jordan, que trabalhava para Vivienne Westwood. Além dos Sex Pistols, bandas como Siouxsie And The Banshees e Adam And The Ants, para citar duas apenas, frequentavam a loja, mesclando camisetas rasgadas, bondage, padrões xadrez, mohair, borracha, imagens provocantes e enfeites de alfinetes de segurança. Em geral ela reforçava a imagem de que “é ok não ser perfeita”.

Ao longo dos anos, a marca de Vivienne Westwood foi ganhando prestígio. Sua inspiração era amplo: de ballets à História clássica. Quando o punk virou moda, ela apelidou o período de “Novo Romântico”, que seguiu como “Os Anos Pagãos”. Os ricos passaram a comprar seus modelos enquanto a moda punk era justamente “maltrapilhos parodiando a classe alta”.

Além do rock e das passarelas, Vivienne Westwood também tem um modelo marcante na cultura pop. É dela o famoso vestido de casamento de Carrie Bradshaw no filme Sex and The City e que será resgatado em And Just Like That.

No ano passado, no seu aniversário de 80 anos, Vivienne foi contratada pela CIRCA, de Josef O’Connor, para apresentar um novo trabalho de vídeo em Piccadilly Circus. Ela escolheu reescrever a canção Without You, de My Fair Lady, como um alerta para questões ambientais e um ato pacifista. Porque assim era Vivienne Westwood: intensa, antenada, inconformista e sempre icônica. R. I. P.

Para saber mais sobre Pistol, onde foi interpretada por Talulah Riley, clique aqui. A série está no Starplus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s