Depois de Jackie, Pablo Larraín revisa Diana

O diretor chileno Pablo Larraín diz que não curte cinebiografias porque, de alguma forma, acabam sendo um veículo onde o público só busca comparações entre ator e biografado, caindo frequentemente nas armadilhas de imitações, não interpretações. Paradoxalmente, Pablo assinou Neruda e Jackie, duas biopics, e está de volta à biografias com o comentadíssimo e esperado Spencer.

A controvérsia de escalar Kristen Stewart para o papel de princesa Diana foi, naturalmente, maior do que quando escolheu Natalie Portman para ser Jacqueline Kennedy, porém ambas escolhas revelam o perfil de Pablo de gostar de atrizes com personalidade. A premissa é parecida, em Jackie a acompanhamos algumas semanas depois da morte de Jack Kennedy, quando ela relembra os dias de “Camelot” e organizou o funeral para o marido. Em Spencer, vamos acompanhar Diana nos últimos dias que passou o Natal com a Família Real, já com o casamento com Charles praticamente desfeito.

A reconstituição de época em Jackie foi perfeita nos mínimos detalhes, incluindo o documentário que a ex-primeira-dama fez na Casa Branca nos anos 1960s. Não foi à toa que ganhou o BAFTA e Critic’s Choice Awards pelos figurinos.

Natalie Portman também chegou a ser indicada ao Oscar como Melhor Atriz.

As primeiras fotos oficiais de Kristen como Diana, agradaram. Mas muitos ainda questionam a versatilidade da atriz, que já ganhou o Oscar francês como Melhor Atriz e já deu vida à Jean Seberg e Joan Jett nas telas.

Para Pablo, contar a história de Jackie foi importante pois ela ainda é umas das mulheres mais admiradas e imitadas da História, protagonizando alguns dos momentos mais trágicos na política americana – testemunhar o assassinato do marido a tiros – e ainda assim era um enigma para o grande público.

Diana é igualmente uma das mulheres mais influentes do século 20, na moda, na política e na Cultura, com igual impacto da ex-primeira-dama mas com um público apaixonado e fiel ainda maior. Será curioso comparar como o mesmo diretor vai tratar as duas histórias. Depois do resultado positivo de Jackie, pode-se esperar boas coisas de Spencer. Agora falta menos para o lançamento. Como o festival de Veneza abre em menos de duas semanas, a qualquer momento veremos o trailer oficial.

Por hora, confira o trailer de Jackie.

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s