A canção dos Lannisters e seus inimigos

And who are you, the proud lord said, that I must bow so low? Only a cat of a different coat, that’s all the truth I know

Uma das canções mais belas e assustadoras de Westeros é sobre um evento devastador. Com a melodia de Ramin Dwajdi e letras de George R.R. Martin, ela fala de duas casas em conflito.

“And who are you, the proud lord said, That I must bow so low? Only a cat of a different coat, that’s all the truth I know. In a coat of gold or a coat of red a lion still has claws and mine are long and sharp, my Lord, as long and sharp as yours” (E quem é você, disse o senhor orgulhoso, para que eu deva me curvar tanto? Apenas um gato de um manto diferente, esta é toda a verdade que conheço. Em um manto dourado ou em um manto vermelho, um leão ainda tem garras e as minhas são longas e afiadas, meu senhor, tão longas e afiadas quanto as suas)

Apenas se você nunca assistiu a Game of Thrones é que não sabe imediatamente de quem estamos falando aqui. Em um universo repleto de personagens dúbios, egoístas, vingativos e manipuladores, Twyin Lannister se destacou como um dos mais apavorantes vilões da série (brilhantemente interpretado por Charles Dance). Não é pouco. A canção mais famosa de Westeros é sobre ele. E não é uma canção qualquer. É uma das mais belas de toda saga.

Tywin Lannister só aparece na série a partir da segunda temporada. Ele é tão poderoso e inteligente que não quer ser Rei. Ele sabe que o verdadeiro comando está nos bastidores… e Rains of Castamere, um hino dos Lannisters, nos diz a razão de sua fama.

O símbolo da casa Lannister é o leão dourado citado na canção. O leão de vermelho, era da casa Reyne, imperiosamente destruída por um jovem Tywin. A história atrás da canção é que os Reyne, que viviam em Castamere, e se rebelaram contra os Lannister, ameaçando o seu prestígio. Portanto representa a abertura da canção, Roger Reyne se pondo de igual a seus senhores. A briga entre famílias começou gerações antes e Tywin, sabendo que seu pai era fraco, tomou para si a missão de recuperar o prestígio dos Lannisters.

Now the rains weep over his hall and not a soul to hear

Depois de batalhas sangrentas e vitórias dos Lannisters, Roger Reyne conseguiu voltar para Castamere, onde se escondeu com seus homens e últimos Reynes nas minas. Eram cerca de 300 pessoas. Tywin ignorou o reconhecimento de derrota. Mandou lacrar as minas e desviou as águas dos canais para as minas, afogando todos que lá estavam. Os gritos de socorro logo foram silenciados. Ninguém saiu com vida. Como diz a canção.

“And so he spoke, and so he spoke, that lord of Castamere. But now the rains weep o’er his hall with no one there to hear. Yes, now the rains weep o’er his hall and not a soul to hear” (E então ele falou, e então ele falou, aquele senhor de Castamere. Mas agora as chuvas choram no seu salão com ninguém lá para ouvir. Sim, agora as chuvas choram em seu salão e nenhuma alma para ouvir)

A partir daí, Tywin Lannister passou a ser um dos mais temidos senhores de Westeros. A canção, Rains of Castamere passou a ser uma das. Ais tomadas nos até reinos. Um hino nascia. E Tywin, sabia fazer uso dela.

Rains of Castamere é um sucesso mundial, virando o tema dos Lannisters. A primeira vez que a melodia foi reconhecida por alguém da família na série foi no primeiro episódio da segunda temporada, com Tyrion assobiando a melodia. Os créditos do nono episódio, SPOILER ALERT, com a vitória dos Lannisters em Blackwater, com a versão da banda The National cantando a canção completa e Bronn cantando no episódio. Depois disso, a banda Sigur Rós fez uma participação no casamento de Joffrey, cantando uma versão deprê do sucesso. No episódio 2 da terceira temporada, Thoros de Myr também canta Rains of Castamere, deixando Arya desconfiada. Quando Cersei quer ameaças os Tyrell, ela também “lembra” Margaery da letra (episódio 8 da terceira temporada).

Reveja Bronn cantando com os soldados

O episódio que transformou GOT em fenômeno leva o nome da canção, mas é apelidado de “Casamento Vermelho”. Quando a banda toca as primeiras notas da canção, Catelyn Stark percebe o perigo. Tarde demais.

Nenhuma outra casa, nem Stark ou Targaryen inspirou uma canção como Rains of Castamere, por isso era irônico quando Tywin dizia na série que não se importava com as vitórias de Robb Stark e se iriam escrever canções sobre o herdeiro de Ned Stark. Tywin, o “muso” atrás de Rains of Castamere, sabia que bastava uma única e incontestável vitória para inspirar medo e admiração. Nenhum outro foi como ele.

Não foi ironia o fato de que sua morte tenha sido tão mundana. Para um homem implacável, seu fim foi quase estúpido. E merecedor.

Veja a história completa sobre os fatos mencionados na canção (em inglês)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s